Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/09/15 às 11h07 - Atualizado em 30/10/18 às 15h12

Adolescentro completa 17 anos

COMPARTILHAR

Eventos estarão voltados para servidores e usuários

BRASÍLIA (15/9/15) – O Adolescentro, centro de referência em pesquisa, capacitação e atenção à saúde do adolescente e família, completará 17 anos de existência em 2015. Para celebrar a data, a equipe programou eventos destinados aos profissionais da rede de saúde, usuários dos serviços e convidados.

A festividade terá início nesta quarta-feira (16), às 8 horas, no auditório da Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciência da Saúde (Fepecs) com a abertura do Seminário sobre Saúde Mental na Adolescência – os desafios da contemporaneidade. Essa atividade propõe a discussão de temas como prevenção do suicídio e Cyber Bullying. 

Segundo a gerente do Adolescentro, Ana Paula Oliveira Reis Tuyama, o seminário foi criado pensando no fortalecimento da rede de apoio ao adolescente para atender principalmente as demandas dos profissionais da atenção básica de saúde e de escolas públicas que solicitam capacitação sobre os conflitos da adolescência nos dias atuais.

“Profissionais de saúde, pais e professores estão com dificuldade em lidar com temas relacionados à automutilação e dependência tecnológica”, explica a gerente do Adolescentro.

Dando continuidade à celebração, na sexta-feira (18) o aniversário será comemorado com grande festa no Adolescentro, com atividades esportivas, culturais e dança para promover a confraternização entre usuários e servidores.

“A comemoração do aniversário já é uma tradição e aproveitamos esse momento para resgatar a amorosidade e fortalecer os laços, uma vez que esses pacientes já passam por tanto sofrimento”, relata Ana Paula.

Saiba mais:
O Adolescentro realiza mensalmente mais 3,5 mil atendimentos incluindo adolescentes de 10 a 18 anos e seus grupos familiares. No local são oferecidos acompanhamento com clínico e avaliação biopsicossocial, psicoterápico para adolescentes e responsáveis envolvidos em algum tipo de conflito, com dificuldades escolares, com transtornos mentais, bem como aqueles que sofreram violência sexual.

O centro está localizado na 605 sul, o acolhimento ao adolescente e familiar é feito de segunda-feira a sexta feira, de 7 às 12 horas e de 13 às 18 horas.