Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/08/17 às 21h33 - Atualizado em 30/10/18 às 15h18

Ampliação da vacinação de HPV atingiu seu objetivo

COMPARTILHAR

Estoque que venceria em setembro foi todo usado. Agora, a vacina volta a ser fornecida somente para o público-alvo

BRASÍLIA (25/08/2017) – No dia 22 de agosto de 2017, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal, seguindo recomendação do Ministério da Saúde, ampliou temporariamente a faixa etária da vacina contra o HPV para homens e mulheres com idade entre 15 e 26 anos. A decisão foi tomada para evitar o desperdício de um estoque de vacinas que venceria no dia 4 de setembro. A ampliação atingiu rapidamente o objetivo: o estoque foi zerado.

Com a ampliação da faixa etária, houve grande procura em todas as salas de vacina no DF. Nesta sexta-feira (25), o estoque esgotou-se. Os jovens que receberam a vacina no período de 22 a 25 de agosto têm garantidas as duas doses subsequentes do esquema preconizado (dois meses para a segunda dose e seis meses para a terceira).

Agora, a vacinação segue a sua rotina de atender ao público-alvo: meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos. A vacina protege contra o vírus HPV e previne futuramente o câncer de colo de útero. A vacina protege contra quatro sorotipos de HPV, sendo que dois deles (sorotipo 16 e sorotipo 18) são os principais causadores de câncer de colo de útero.

É importante que os pais de meninos e meninas dentro da faixa etária que constitui o público-alvo levem seus filhos para a imunização. “O HPV pode levar ao câncer. A vacina é uma importante ferramenta para evitar que isso aconteça. Está comprovado que quanto mais jovem a pessoa receber as doses, mais eficácia ela terá”, ressalta o subsecretário de Vigilância à Saúde, Marcos Quito.