Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
30/03/15 às 11h02 - Atualizado em 30/10/18 às 15h12

Assinado decreto para a 9ª Conferência de Saúde do Distrito Federal

COMPARTILHAR

Assinatura ocorreu durante o encerramento da plenária de saúde do Centro Oeste e Tocantins

BRASILIA (30/3/15) – A Plenária Popular da Região Centro Oeste e Tocantins para debater prioridades do Sistema Único de Saúde (SUS), na Câmara Legislativa do Distrito Federal, foi encerrada neste sábado (28), com a assinatura do decreto que autoriza a realização da 9ª Conferência de Saúde do Distrito Federal. O evento que dará continuidade às discussões sobre o aperfeiçoamento no SUS também contará com a participação dos movimentos sociais, gestores e autoridades.

“O SUS foi a maior conquista da população brasileira no que se refere a inclusão social, mas temos problemas que devem ser debatidos com franqueza para melhorar o sistema e oferecer atendimento de qualidade à população”, destacou o governador, Rodrigo Rollemberg, após assinar o decreto.

Ao lado de Rollemberg, o secretário de Saúde, João Batista de Sousa defendeu o fortalecimento do controle social, principalmente, por parte dos usuários do SUS. “O SUS sem o controle social e a gestão participativa não terá sucesso, porque quando falamos do SUS estamos destacando uma vitória do povo brasileiro”, disse Sousa, ao anunciar que a Secretaria de Saúde oferecerá um curso para os conselheiros de Saúde do Distrito Federal.

Além da assinatura do decreto, a plenária teve como resultado a produção de um relatório, que será consolidado e apresentado na 9ª Conferência. O documento contém os tópicos mais discutidos pelos grupos de trabalho com base nos eixos “Gestão Estratégica e Participativa”, “Infraestrutura”, “Modelos de Gestão” e “Modelo de Atenção.

“Um dos focos mais recorrentes nos grupos foi com relação à gestão estratégica participativa, que se tornou o eixo participação, estratégia e gestão, A intenção é qualificar os conselheiro, estabelecer uma aproximação maior do conjunto usuário, trabalhador e gestor para definir as políticas que uma vez formuladas precisam ser executadas”, frisou o presidente do Conselho de Saúde do DF, Helvécio Ferreira.

Segundo o presidente, outros tópicos tratados com mais ênfase entre os grupos de trabalho foram com relação à mudança do modelo de gestão e do modelo de assistência.

CONFERÊNCIAS – A plenária é coordenada pelo Conselho de Saúde do Distrito Federal, é uma etapa para realização da 9ª Conferência de Saúde do Distrito Federal, a qual presidida pelo secretário de Saúde do DF, nos dias 24 e 25 de julho, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. Na ocasião, serão eleitos 68 delegados do DF, sendo 34 usuários, 17 trabalhadores e 17 gestores.

O grupo produzirá uma série de propostas para serem apresentados na 15ª Conferência Nacional de Saúde. O encontro, que terá representação de todas as regiões do país, está marcado para novembro e terá 4.320 delegados, sendo 296 do Centro-Oeste. O tema será “Saúde pública de qualidade para cuidar bem das pessoas”, sob o eixo “Direito do povo brasileiro”. Temas que também serão discutidos na Plenária Nacional, em 13 e 14 de abril.