Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/07/13 às 21h11 - Atualizado em 30/10/18 às 15h06

Atenção domiciliar realizou 1.930 visitas até junho, em Planaltina

COMPARTILHAR

Profissionais atenderam 106 pacientes

A equipe do Núcleo Regional de Atenção Domiciliar da Regional de Saúde de Planaltina realizou 1.930 visitas domiciliares a 106 pacientes no primeiro semestre deste ano.

O Núcleo, que conta com uma equipe composta por fisioterapeutas, terapeutas, médicos, enfermeiros, assistente social, nutricionistas e auxiliar de enfermagem, atende pacientes com casos de acidente vascular cerebral, câncer, traumatismo, paralisia cerebral e paraplegia.

O chefe do Núcleo Regional de Atenção Domiciliar de Planaltina, Helder Fonseca, destaca a importância do programa, que dá sequência ao tratamento fora do hospital e proporciona ao paciente o convívio com a família. “Também diminui os riscos de infeção e disponibiliza leitos hospitalares para as pessoas que precisam ser internadas,” informa.

Além das visitas, um dos objetivos da equipe, explica ele, é treinar o cuidador, que na maioria dos casos são os familiares, quanto ao uso das medicações via oral, a higienização pessoal e a alimentação, entre outros procedimentos a serem adotados na recuperação do paciente.

Cuidados – Para Vinícius Queiroz, filho da aposentada, Francelina Rodrigues, 62 anos, vítima de Acidente Vascular Cerebral (AVC), o atendimento em domicilio é ótimo. “Minha mãe melhorou bastante. O carinho, a afetividade e os cuidados dos profissionais tem sido fundamentais na melhora dela”, diz.

O Programa de Internação Domiciliar da Secretaria de Saúde do DF é responsável por prestar assistência domiciliar aos pacientes com quadro clinico crônico e agravado, que necessitam de cuidados específicos. Atualmente, cerca de 900 pacientes são atendidos pelo programa e recebem todo o tratamento em casa. De acordo com dados da Secretaria de Saúde, o programa conta com 16 equipes, nas regionais de saúde no DF.

Tatiane Gomes