Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
12/09/16 às 17h19 - Atualizado em 30/10/18 às 15h16

Base completa 56 anos com festa para pacientes e servidores

COMPARTILHAR

Unidade possui cerca de 3,3 mil funcionários e mais de 500 leitos

BRASÍLIA (12/9/16) – Referência em atendimentos de alta complexidade, o Hospital de Base do Distrito Federal comemorou, nesta segunda-feira (12), 56 anos de existência com uma festa realizada entre pacientes, servidores e voluntários da unidade. Além de apresentações musicais e culto ecumênico, houve distribuição de bolo e lanche no jardim da unidade hospitalar.

Com uma força de trabalho composta por 3,3 mil servidores, 611 residentes e 695 funcionários terceirizados, o Base oferece atendimento em diversas especialidades, entre elas, neurologia, trauma, nefrologia e oncologia. São aproximadamente 500 leitos em todos os andares.

Apenas no primeiro semestre deste ano, a unidade realizou 117.285 consultas ambulatoriais e 47.763 consultas emergenciais. Também foram feitos 1.016.761 exames laboratoriais, 135.008 exames radiológicos e 4.286 cirurgias.

“Para mim, o atendimento está ótimo. Estou aguardando a cirurgia, que deve ser feita na próxima semana. Aqui, a equipe que me atende é uma família, porque eu já tinha procurado atendimento em outros lugares, mas só aqui recebi o apoio que precisava”, contou um dos pacientes atendidos na unidade, Carlos Domingos, 47 anos. Internado há 12 dias, ele estava participando da festa e veio da Bahia em busca de um tratamento para um tumor.

Presente na solenidade, o secretário de saúde, Humberto Fonseca conta que tem uma relação estreita com o hospital. “Eu vim para Brasília no ano de 2000 e minha primeira doação de sangue foi aqui. Também fiz residência em cuidados paliativos e posteriormente trabalhei na Unidade de Cuidados Paliativos”, contou.

Segundo o secretário, a pasta tem realizado diversos esforços para melhorar a estrutura da unidade. Além de retomar algumas obras, ele ressaltou que há novos projetos previstos, o que inclui a troca da subestação elétrica e reforma da medicina nuclear.

“O Hospital de Base também será o primeiro a fazer um acordo de gestão para estabelecer metas de gestão. Gradualmente, vamos fazer a descentralização financeira e orçamentária. Assim, o hospital vai funcionar melhor”, complementou Humberto, ao agradecer também pelo trabalho dos voluntários.

Atual diretor do Hospital, Júlio César Ferreira Júnior, também recordou que o HBDF foi uma escola para ele, já que fez residência no hospital, onde trabalha há 10 anos. “Hoje contamos com profissionais extremamente comprometidos e capacitados para atender a população. O maior patrimônio do Base posso dizer que são os servidores e as pessoas. Esse hospital tem importância pelo seu poder de resolução na alta complexidade e também papel o social”, disse.

“Temos uma legião de entidades que trabalham voluntariamente e que oferecem muito de si para ajudar outras pessoas. O papel do voluntariado é dar assistência para quem faz o tratamento com distribuição de cestas básicas, vale transporte e, acima de tudo, amor”, finalizou a presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer, Maria Thereza Falcão, que também participou da solenidade.

PARQUE DA CIDADE – Para comemorar, um grupo de voluntários uniu-se à direção da unidade para preparar um piquenique no Parque da Cidade, no domingo (11). Quem passou pelo estacionamento próximo à administração do parque pode participar de oficinas de lazer – como forro e zumba-, aferir a pressão e assistir a apresentações culturais, como de capoeira. Também houve pintura de rosto e pula- pula para as crianças.

Confira galeira de fotos aqui.