Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/10/17 às 18h23 - Atualizado em 30/10/18 às 15h18

Base treina especialistas em ortopedia e pé torto

COMPARTILHAR

Atendimento ambulatorial é feito às sextas-feiras

BRASÍLIA (6/10/17) – Referência no Brasil no tratamento de pé torto, o Hospital de Base realizou, nesta sexta-feira (6), no ambulatório de ortopedia, o treinamento de 20 médicos, de diferentes lugares do Brasil. Cerca de 50 pacientes foram atendidos pelos profissionais de saúde. O Base é a única unidade do País a tratar essa enfermidade sem necessidade de intervenção cirúrgica.

A capacitação dos especialistas em ortopedia e pé torto utilizou o método de Ponseti, que consiste de troca gessada, seguida de um aparelho ortopédico que pode ser utilizado na infância ou na fase adulta. O tratamento é feito por meio de técnicas pioneiras, criadas pelo médico Sydney Hade, sem cirurgias, com órteses e exercícios.

“O pé torto é uma deformidade congênita. Quando não tratada pode causar um prejuízo muito grande ao paciente”, relata o coordenador do Ambulatório do Pé Torto, Davi Haje. “O tratamento se tornou mais simples e eficaz evitando cirurgias e sequelas”, completa Haje.

O atendimento ambulatorial para tratamento do pé torto é feito todas as sextas-feiras, pela manhã, sob a responsabilidade dos médicos Davi Haje e Jorge Antônio da Silva. À tarde, o ambulatório trata das deformidades de tórax.

Leia também...