Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/03/17 às 19h16 - Atualizado em 30/10/18 às 15h16

Cadastro de reserva possibilita migração para a Atenção Primária

COMPARTILHAR

Adesão poderá ser feita até o dia 4 de abril

BRASÍLIA (16/3/17) – Com as recentes mudanças que estão sendo implementadas na Atenção Primária da saúde pública da capital, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal criou um cadastro de reserva com o objetivo de reunir os nomes dos servidores interessados em migrar para as Unidades Básicas de Saúde (UBS) que funcionarão com o novo modelo assistencial. A adesão poderá ser feita até o dia 4 de abril.

O intuito é possibilitar aos servidores a troca do local de atendimento para que não haja prejuízo na qualidade dos serviços prestados aos usuários da rede. Desta forma, os profissionais que, atualmente, estejam lotados nos hospitais regionais e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) poderão participar da ação.

A iniciativa é voltada para médicos especialistas em Pediatria, Ginecologia e Clínica Médica, além dos enfermeiros. Os interessados em integrar o cadastro, devem procurar o superintendente da sua repesctiva Região de Saúde para que preencham um formulário.

Leia mais, para entender a proposta de conversão da Atenção Primária para Estratégia Saúde da Família:

Estratégia Saúde da Família tem apoio unânime após sessão na CLDF

Especialistas defendem Estratégia Saúde da Família

Processo de reorganização da Atenção Primária avança no DF

O que muda na Atenção Primária

Secretário e representantes do Conselho de Saúde debatem mudanças na Atenção Primária

Saúde inicia reformulação na Atenção Primária