Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/12/13 às 17h59 - Atualizado em 30/10/18 às 15h10

Centro de Saúde de Samambaia atinge 100% de cobertura de médicos da família

COMPARTILHAR

22 mil moradores contam com oito equipes de Saúde da Família

Os moradores da área de abrangência do Centro de Saúde n° 3, da Expansão de Samambaia, já contam com 100% de cobertura de médicos da família, após a chegada de dois profissionais cubanos do Programa Mais Médicos do Ministério da Saúde.

“A vinda desses médicos não só aumentou o atendimento em números, mas em qualidade dos serviços para uma população que é mais vulnerável. A proposta agora é fazer esse trabalho nos outros centros de saúde e converter o modelo 100% tradicional para 100% de Estratégia Saúde da Família”, enfatiza a diretora de Atenção Primária à Saúde de Samambaia, Paula Garcia de Araújo.

A unidade, que presta assistência a aproximadamente 22 mil moradores, agora dispõe de oito equipes de Estratégia Saúde da Família (ESF). O reforço desses dois profissionais ampliou o atendimento para quase sete mil pessoas residentes na localidade, considerando que cada equipe de ESF atende, em média, 3.500 moradores.

Em setembro, o centro de saúde recebeu dois profissionais brasileiros, ainda da primeira fase do Programa Mais Médicos e em fevereiro, um médico do Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (Provab).

“Estrategicamente, essa unidade de Samambaia, que tem uma população de abrangência menor, foi escolhida pela Subsecretaria de Atenção Primária à Saúde e pela Diretoria de Atenção Primária à Saúde de Samambaia para ser priorizada e atingir uma cobertura de 100% de ESF, além de desenvolver suas ações conforme a Política Nacional de Atenção Básica – PNAB”, explica o gerente de Gestão, Planejamento, Monitoramento e Avaliação de Samambaia, Leonardo Guimarães Pinheiro.

O gerente ainda reforça que, em 2014, com a previsão de contratação de outros profissionais, como agentes comunitários de saúde, enfermeiros e técnicos de enfermagem, a unidade alcançará uma cobertura completa de equipes de ESF, que além dos médicos, são formadas por enfermeiro, técnico de enfermagem e agentes comunitários de saúde.

Atualmente, a cobertura de médicos da família do centro de saúde abrange moradores das quadras 427, 429, 431, 433, 629, 631, 633, 827, 829, 831, 833, 1029, 1031, 1033 e área rural.

O trabalho das equipes

As equipes de Estratégia Saúde da Família efetuam a territorialização da área de abrangência, mapeando os determinantes de agravos à saúde, seguindo uma agenda de atividades de acordo com a demanda e propiciando o monitoramento da saúde em vários aspectos, a exemplo Rede Cegonha, saúde da criança, pré-natal, acompanhamento de doenças crônicas não transmissíveis, como do aparelho circulatório, respiratório, diabetes, hipertensão, saúde mental, entre outros.

As equipes prestam assistência conjunta, permanente e de qualidade nas áreas demarcadas, atuando na promoção da saúde e na mobilização da comunidade.

O agente comunitário de saúde realiza o monitoramento das famílias nas residências, no mínimo, uma vez por mês. Esse profissional também realiza o agendamento do atendimento familiar nos consultórios. Quando detectadas situações de pessoas acamadas, idosos, gestante que não fazem acompanhamento do pré-natal, crianças sem vacinar, traumas com dificuldades de mobilidade, por exemplo, o enfermeiro e, inclusive o médico, também visitam aquela moradia.

O centro de saúde n° 01, que atende uma população estimada em 60 mil habitantes, também foi contemplado, em novembro, com três médicos cubanos. Com isso, a unidade passou a ter 13 equipes completas de ESF. Cada uma delas formada por um médico da família e comunidade, enfermeiro, técnico de enfermagem e agentes comunitários de saúde, com capacidade para atender em torno de 3.500 moradores cada uma.

Depois desses reforços dos programas do Governo Federal, Samambaia conta hoje com 48 equipes de Estratégia Saúde da Família, o que corresponde a 70% de cobertura da população da região administrativa, estimada em mais de 200 mil habitantes.

Por Iêda Oliveira, da Agência Saúde DF
Atendimento à imprensa:
(61) 3348 2547/2539/9862 9226

Leia também...