Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/01/12 às 17h02 - Atualizado em 30/10/18 às 14h57

Conheça o PAV Flor de Lótus em Ceilândia

COMPARTILHAR

O Programa de Prevenção e Atendimento a Pessoas em Situação de Violências e Riscos – PAV Flor de Lótus –,00011555 da regional de Saúde de Ceilândia, é referência no atendimento a crianças e adolescentes vítimas de abuso sexual para o Distrito Federal.

Segundo o coordenador regional do Programa, enfermeiro João Narcizo de Souza Junior, o programa foi reformulado em 2009. Uma equipe foi formada e treinada para atender as demandas existentes em Ceilândia, que não contava com um serviço especializado neste tipo de atendimentos.

As metodologias utilizadas pela equipe do PAV de Ceilândia são as mesmas utilizadas pelos dois maiores centros de referência neste tipo de atendimento no Distrito Federal: o Centro de Orientação Médico Psicopedagógico (COMPP) e o Adolescentro.

O PAV Flor de Lótus tornou-se referência nestas modalidades de atendimento, prestando apoio e orientação a outras equipes e serviços.

00011554Atualmente o Programa, que faz parte da Rede Social de Ceilândia, atende às demandas dos Centros de Saúde de Ceilândia, Pronto Socorro Pediátrico e Adulto, além de prestar atendimentos em parceria com o Ministério Público, Vara da Infância e Juventude, COMPP, Adolescentro, Creas, Conselho Tutelar e outros parceiros da Rede.

Em relação ao número de atendimentos, foram realizados até o momento (a partir de abril de 2011), quatro grupos multifamiliares (20 encontros dentro da metodologia – 320 participações), dois grupos para adolescentes (11 encontros – 174 participações), 17 visitas domiciliares, 10 treinamentos para os membros da equipe, 276 atendimentos individuais, sendo que os mesmos são, em sua maioria, atendimentos multiprofissionais.

Com a criação da DIRAPS (Diretoria Regional de Atenção Primária à Saúde) para o ano de 2012, o Programa incrementará suas modalidades de atendimento, privilegiando desta vez as mulheres adultas vítimas de violência sexual e menores com histórico de agressão sexual. O atendimento para as mulheres está com seu início previsto para o primeiro trimestre do ano.

Em relação aos menores com histórico de agressão sexual, a equipe da regional de Ceilândia será treinada já nos primeiros meses do ano, com o objetivo de oferecer mais este serviço à comunidade Ceilandense.

Os atendimentos realizados seguem fluxos pré-estabelecidos com o objetivo de garantir o acesso e a qualidade dos mesmos.

SERVIÇO:

PAV – Programa de Atendimento às Pessoas em Situação de Violências e Riscos da Regional de Ceilândia – Flor de Lótus. Local de Atendimento: Ambulatório II do Hospital Regional de Ceilândia, de segunda a 6ª-feira, de 8h00 as 18h00. Coordenadora do Programa: João Narcizo de Souza Junior. Telefone: 3371-6595. E-mail: pavflordelotushrc@gmail.com