Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
30/05/18 às 20h07 - Atualizado em 30/10/18 às 15h19

Controle de tabagismo promove mais de duas mil ações na Feira dos Importados

COMPARTILHAR

 

Atividades incentivam o abandono do vício do tabaco. Foto: Divulgação

 

A equipe técnica do Programa de Controle de Tabagismo da Secretaria de Saúde realizou, nesta quarta-feira (30), 2.062 atendimentos voltados à conscientização da população quanto aos prejuízos provocados pelo tabagismo. A ação ocorreu na Feira dos Importados.

 

Os atendimentos fazem parte do Dia Mundial Sem Tabaco, celebrado nesta quinta-feira (31).

 

Ao todo, 28 profissionais de saúde participaram da ação, que realizou exames de espirometria (63), dependência de nicotina (52), pressão arterial (336), pressão arterial IMC (287), bioimpedância (335) e medição de circunferência abdominal (289). Além disso, foram oferecidas orientações nutricionais (333), sobre tabagismo (335) e outras informações a respeito do assunto (32).

 

As atividades oferecidas pela Secretaria de Saúde foram resultado de parceria com o Serviço Social do Comércio (Sesc), Sociedade de Cardiologia-DF, Sindicato dos Médicos e Instituto Oncovida.

 

TEMA – O tema da campanha desse ano, escolhido pela Organização Mundial da Saúde (OMS), chama a atenção para as doenças cardiovasculares, que matam mais pessoas do que qualquer outra causa de morte em todo o mundo.

 

O uso do tabaco e a exposição ao fumo passivo contribuem com aproximadamente 12% de todas as mortes por doenças cardíacas.

 

O tabagismo é a segunda principal causa de doenças cardiovasculares, depois da hipertensão arterial.

 

Em 2013, cerca de 6,1 milhões de pessoas, de 18 anos ou mais, tiveram diagnóstico médico de alguma doença do coração.

 

Essas enfermidades ainda são as que geram os maiores custos com relação a internações hospitalares.

 

De 2004 a 2014, as doenças cardiovasculares foram responsáveis por 3.493.459 óbitos, 29% do total no período.

 

TEXTO: Leandro Cipriano, da Agência Saúde