Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/12/19 às 14h32 - Atualizado em 4/12/19 às 17h11

Diabéticos e hipertensos da área rural do Paranoá recebem visita de oftalmologista

COMPARTILHAR

Avaliação pretende evitar problemas de visão causados por essas doenças

 

Cerca de 50 moradores da área rural de Capão Seco, no Paranoá, receberam a visita de profissionais da Atenção Primária e Secundária para realização do exame de fundo de olho em pacientes diabéticos e hipertensos. O objetivo da ação, realizada nesta quarta-feira (4), é evitar que essas pessoas tenham a visão afetada em razão das doenças.

 

Segundo a oftalmologista Maggie Roxana, responsável pela ação, pacientes diabéticos e hipertensos que não fazem o controle dessas doenças corretamente e podem desenvolver a retinopatia. “Um entre três pacientes podem perder totalmente a visão. Por isso, é importante fazer o controle, a partir do exame de fundo de olho, de forma periódica, para avaliar a necessidade de fazer aplicação de laser, injeção ou até cirurgia, dependendo do caso”, explica.

 

Para ela, ir até a área rural para promover uma ação como esta é de extrema importância, já que muitos pacientes não têm condições de ir até o hospital, seja por falta de recursos financeiros ou até mesmo em razão da debilidade provocada pela doença.

 

“A gente ainda aproveitou para conversar com os familiares para tirar dúvidas. Ainda fizemos avaliações gerais e, em casos de baixa visão, marcamos consulta no Ambulatório de Oftalmologia do Hospital da Região Leste”, destaca a médica.

 

Ela explcia que, durante a visita, médicos da Atenção Primária  foram habilitados a fazer a Fundoscopia para incluir, na rotina diária de atendimento, este exame e encaminhar menos pacientes à Atenção Secundária.

 

 

Alline Martins, da Agência Saúde

Fotos: Divulgação