Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/01/16 às 12h56 - Atualizado em 30/10/18 às 15h14

Escola Superior de Ciências da Saúde entrega diplomas a médicos formados

COMPARTILHAR

Ao todo, 82 estudantes receberam o canudo na 10ª turma de medicina da instituição

BRASÍLIA (25/1/16) – A Escola Superior de Ciências da Saúde (ESCS) entregou, na noite de sexta-feira (22), diplomas a 67 dos 82 médicos formados pela instituição na 10ª turma de medicina. A cerimônia contou com a presença do secretário de Saúde, Fábio Gondim, presidente de honra da solenidade. Outros 15 formandos receberam o diploma na própria escola.

O discurso da oradora da turma destacou a importância da ESCS enquanto instituição pública. “Ela nos acolheu como filhos e nos possibilitou a realização de um sonho”, destacou Elisa de Oliveira. A formanda ainda fez um apelo ao Ministério Público do DF para que permita a permanência dos docentes na instituição. “Defendemos, ainda, um projeto de lei que regularize a situação dos nossos professores”, complementou.

No encerramento da cerimônia, o secretário de Saúde, Fábio Gondim, lembrou que já existe um projeto de lei encaminhado para solucionar a situação. “Vocês são os melhores deste país”, disse aos alunos, lembrando que a instituição é uma das melhores do Brasil e que um dos motivos para isso é a metodologia de ensino, que usa médicos da rede como docentes.

FESTA – A cerimônia ocorreu no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, com um auditório lotado de familiares e amigos orgulhosos com os médicos recém-formados. Como é o caso de Sarita Ribeiro, namorada do formando Rafael Costa. “Sempre foi o sonho dele estudar medicina e a ESCS foi a melhor oportunidade, por que é completa, a melhor do Brasil”, disse.

Para a diretora da ESCS, Maria Dilma Teodoro, a formatura é uma importante conquista para o Distrito Federal. “São 82 médicos disponíveis para a comunidade com uma formação humanística e voltada para o atendimento do Sistema Único de Saúde”. Além disso, a diretora ressaltou que o curso de medicina da ESCS está entre os dois no país que alcançaram, por três vezes consecutivas (em 2007, 2010 e 2013), a nota máxima no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes do Ministério da Educação (Enade/MEC).

Desde 2001, a ESCS, mantida pela Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs), da Secretaria de Saúde do DF (SES/DF), já formou 778 médicos.