Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/12/19 às 15h38 - Atualizado em 4/12/19 às 15h38

Evento reúne trabalhos que buscam melhorias para o SUS

COMPARTILHAR

Cerca de 50 profissionais participam dos diálogos

 

Cerca de 50 profissionais e pesquisadores do Projeto “Gestão de Políticas de Saúde Informadas por Evidências” começaram, nesta quarta-feira (4), as apresentações da primeira etapa da especialização que busca melhorias para o Sistema Único de Saúde (SUS). As apresentações trazem pesquisas que podem influenciar as políticas públicas com boas evidências.

 

“Essa é a primeira etapa da elaboração do compilado das pesquisas feitas desde o início do ano. Os estudos trazem propostas de metodologias que possam ofertar aos gestores soluções para resolver problemas, centradas nas necessidades das pessoas e dos profissionais”, destaca o gerente da Estratégia da Saúde da Família, Fernando Erick.

 

Algumas das discussões abordadas se referem a estratégias para o enfrentamento da dengue e de emergências na rede pública de saúde do Distrito Federal.

 

O projeto tem o objetivo de qualificar a gestão de políticas de saúde, por meio do uso sistemático e transparente do conhecimento científico decisório. Os encontros são mensais e os estudos são centrados nas necessidades dos usuários do SUS.

 

As apresentações e os diálogos acontecerão até amanhã (5).

 

PARCERIA – A especialização é o resultado de uma parceria entre o Ministério da Saúde e o Hospital Sírio-Libanês.  A iniciativa faz parte do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional (Proadi), do Sistema Único de Saúde, para o triênio 2018-2020.

 

Nivania Ramos, da Agência Saúde

Fotos: Divulgação/Saúde-DF