Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/11/12 às 18h56 - Atualizado em 30/10/18 às 14h57

Falta de exercícios pode provocar dores nas costas

COMPARTILHAR

Atividades físicas fortalecem os músculos

 

 

O sedentarismo é um dos principais responsáveis pelas dores na região das costas. A falta de atividades físicas, que causa enfraquecimento e desequilíbrio dos músculos, associada aos  vícios posturais, além da obesidade, levam ao início precoce ou progressão dos transtornos degenerativos e estruturais da coluna lombar.

“A prática de exercícios deve ser feita regularmente, de três a quatro vezes por semana, e orientada por um ortopedista. Dessa forma, o tônus muscular da região será protegido do estresse mecânico do cotidiano,que ocorre principalmente em pessoas que trabalham com um alto índice de esforço físico” , explica Angelo Ganeo, Coordenador das Patologias da Coluna Vertebral do Hospital Regional do Paranoá (HRPa).

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal conta com dois locais de atenção às patologias da coluna vertebral:a Unidade de Neurocirurgia do Hospital de Base do DF e a Unidade de Coluna do HRPa , em fase de  implantação,que deverá estar concluída no início de 2013.

O Serviço de Atenção à Coluna Vertebral teve começou a funcionar  em outubro de 2011 e desde então foram realizados 83 procedimentos e 2500 atendimentos ambulatoriais. As consultas podem ser marcadas no centro de saúde mais próximo.

São várias as causas que determinam dores na região lombar.  As principais lombalgias presentes nos adolescentes e adultos são as mecânicas, que são os incômodos  na coluna lombar ou nas regiões adjacentes, como quadril ou outras partes do tronco e as axiais, que são ocasionadas pela permanência durantes longos períodos na posição sentada ou em pé. Segundo o coordenador, as principais causas dessas lombalgias são o sedentarismo e a má postura. “Isto ocorre pois os vícios posturais, associados ao enfraquecimento musculotendíneo, levam à alterações das curvas fisiológicas da coluna vertebral e ao início da doença generativa da coluna vertebral, os transtornos discais e a artrose”, explica Angelo Ganeo, acrescentando que as doenças degenerativas tem forte fator hereditário.

Os principais motivos de lombalgias não mecânicas, que ocorrem quando a pessoa está em repouso, são doenças relacionadas ao trato urinário , como infecções , cálculo e outras doenças irritativas. Ainda dentro das não mecânicas e bem menos comuns , estão os tumores de origem na própria coluna. “Portanto , a melhor forma de prevenir e tratar os transtornos da coluna lombar é com orientação postural, atividade física regular e sempre que os sintomas persistirem , procurar ajuda especializada”, diz Angelo Ganeo.

Paulo Henrique Gomes