Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/11/16 às 16h11 - Atualizado em 30/10/18 às 15h16

Hemocentro celebra o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue

COMPARTILHAR

Rollemberg, secretários de Estado e diretores de órgãos do DF participaram da campanha nesta sexta (25)

BRASÍLIA (25/11/16) – Nesta sexta-feira (25), quem for à Fundação Hemocentro de Brasília para doar sangue encontrará uma tenda na área externa com várias atrações e atividades feitas para valorizar o gesto. A data marca o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue de 2016, criado para aumentar o estoque para os meses de janeiro e de dezembro, quando a demanda aumenta, mas o número de doações diminui.

Desde terça-feira (22) até o sábado (26), o Hemocentro organiza atrações para comemorar a Semana Nacional do Doador Voluntário, estipulada em 1964 para aumentar a adesão das pessoas no fim do ano. Atividades feitas por voluntários incluem limpeza de pele, corte de cabelo, atrações musicais e cursos de maquiagem.

Segundo a fundação, a média de doadores aumenta de 200 para até 700 pessoas por dia durante a semana. O prazo de uso do material coletado é de aproximadamente 40 dias, mas o estoque da semana permite que as doações de dezembro sejam usadas em janeiro, e as de janeiro, em fevereiro. A semana comemorativa de 2015 fez com que o Hemocentro estivesse provido até o carnaval.

GOVERNO PARTICIPA DA CAMPANHA – Para estimular a população e demonstrar que não há perigo no processo, representantes do Executivo local doaram sangue na manhã de hoje. “É um ato de solidariedade, e as pessoas têm que perceber que doar não dói”, falou o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, enquanto tinha o sangue coletado. Nos leitos ao lado de Rollemberg estavam secretários de Estado e diretores de órgãos do governo.

O governador aproveitou a ocasião para visitar as instalações e aprender sobre o funcionamento da fundação com os servidores locais. Ele acompanhou os processos de coleta e aprendeu porque certos cuidados devem ser tomados antes do procedimento. “As pessoas têm que cumprir todas as determinações do Hemocentro para doar com segurança” avaliou.

O padeiro Antônio Carlos, de 41 anos, foi surpreendido com o que encontrou. Depois da doação, passou na tenda externa onde as atrações ocorrem sem saber da comemoração do dia. “É muito importante essa semana do doador e ter a presença dos secretários e do governador. Falta mais divulgação para o Hemocentro”, disse.

HEMOCENTRO ECONOMIZA R$ 10 MILHÕES -Após fazer uma parceria com a Controladoria-Geral do Distrito Federal, o Hemocentro conseguiu fazer uma economia de R$ 10 milhões em custos contratuais. A diminuição de gastos ocorreu devido a mudanças na gestão de órgãos de Brasília.

O Hemocentro de Brasília funciona de segunda a sábado, das 7 às 18 horas, no Setor Médico-Hospitalar Norte (Quadra 3, Conjunto A Bloco 3, Asa Norte). Todo o processo de doação dura, em média, uma hora e quinze minutos. A fundação também coleta plaquetas e cadastra doadores de medula óssea.

SAÚDE – Durante o evento, o secretário de Saúde, Humberto Fonseca, destacou a importância da mobilização como forma de manter os estoques do Hemocentro sempre abastecidos. “Esta instituição atende a todos os hospitais públicos do DF e alguns hospitais privados. Essa iniciativa do governador de trazer todo o secretariado para doar é um símbolo, porque todos precisam estar unidos, não só a população”.

Humberto ressaltou que a ação possibilita a conscientização da sociedade quanto à doação regular de sangue como parte do cotidiano das pessoas.

CONCURSO – Neste mês, a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag) divulgou, no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), edital de concurso para o Hemocentro que abre 79 vagas de preenchimento imediato para os cargos de técnicos e analista, além de formação de cadastro reserva. Entre as funções de nível superior e médio, os salários podem variar entre R$ 3.705 a R$ 5.820.

As inscrições poderão ser feitas no período de 11 de dezembro até 6 de fevereiro de 2017, apenas pelo site do Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades), sendo que a taxa de inscrição para as vagas de ensino superior é de R$ 58 e para as de ensino médio é de R$ 46,50.

Para mais informações sobre o concurso acesse aqui a edição do Diário Oficial do DF.  

Veja as fotos aqui