Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/04/21 às 9h57 - Atualizado em 6/04/21 às 16h00

Hospitais de campanha seguem com obras em ritmo acelerado e dispensa de licitação continua aberta

COMPARTILHAR

Estrutura da Ceilândia já tem 50% das obras concluídas, já as unidades do Autódromo e do Estádio Bezerrão estão com 45%

 

JURANA LOPES, DA AGÊNCIA SAÚDE-DF

 

A dispensa de licitação para contratação emergencial de empresa que vai gerir os três novos hospitais de campanha para atender pacientes com Covid-19 continua aberta até as 18h da próxima quinta-feira (8). As empresas interessadas devem enviar propostas para o e-mail dispensadelicitacao.sesdf@saude.df.gov.br.

 

Obra do Hospital de Campanha que está sendo erguido em Ceilândia – Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde-DF

O contrato terá duração de 180 dias e a contratada deverá oferecer serviços de gestão integrada de leitos hospitalares, com suporte ventilatório pulmonar e terapia renal substitutiva beira-leito.

 

A empresa contratada deverá fornecer manutenção e insumos necessários ao funcionamento dos equipamentos (incluindo computadores e impressoras) e atendimento dos pacientes (medicamentos, materiais médico-hospitalares, gases medicinais e esterilização de equipamentos e materiais, além de alimentação, nutrição enteral e parenteral).

 

Deverão ser ofertadas 18 mil diárias de internações por cada hospital de campanha. São três unidades que já estão sendo montadas: uma no Estádio Bezerrão, no Gama; outra no Autódromo de Brasília; e o terceiro em Ceilândia. Cada hospital terá cem leitos.

 

Construção

 

A construção dos hospitais de campanha está a cargo da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap). As obras dos três novos hospitais seguem em ritmo acelerado e completaram nove dias desde seu início. Mesmo com o feriado da Semana Santa, os trabalhos prosseguem sem interrupções. A conclusão está prevista para os próximos 11 dias.

 

Edital para contratação permanece aberto até o próximo dia 8 – Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde-DF

A obra que está em estágio mais avançado é a de Ceilândia, localizada na Escola Parque Anísio Teixeira. Por lá, os serviços atingiram 50% do total a ser construído. A estrutura montada no Autódromo Internacional Nelson Piquet, no Plano Piloto, e a do Bezerrão, no Gama, estão com 45% cada, de acordo com o boletim atualizado neste domingo (4).

 

“É muito gratificante fazer parte dessa missão que é salvar vidas. Estamos trabalhando, diariamente, para que as obras sejam entregues com a maior celeridade possível”, afirma o presidente da Novacap, Fernando Leite.

 

Em todas as três unidades a cobertura está completa. As partes de estrutura metálica, piso elevado e instalações hidráulicas e hidrossanitárias também avançaram ao longo da semana.

 

Na unidade de Ceilândia, além da cobertura, também foram finalizados o piso elevado e a estrutura metálica. O hospital está sendo construído pela empresa DMDL Montagens de Stands Ltda, vencedora do pregão com o valor de R$ 6.597.500.

 

Obra em Ceilândia está em ritmo avançado – Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde-DF

No Autódromo Nelson Piquet há 67 profissionais atuando de forma ininterrupta. Eles concluíram a cobertura, as estruturas metálicas e os portões para veículos e ambulâncias. Esta estrutura também está sendo construída pela DMDL Montagens de Stands Ltda, que após licitação foi contratada pelo mesmo valor das instalações em Ceilândia.

 

No estádio do Bezerrão, no Gama, a cobertura e as estruturas metálicas e elétricas foram concluídas. Neste hospital, os 44 trabalhadores debruçam-se nas instalações hidráulicas. A unidade é feita pela Paleta Engenharia e Construções Ltda, que venceu pregão eletrônico e foi contratada ao custo de R$ 6.875.000.

 

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: