Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/07/20 às 15h50 - Atualizado em 27/07/20 às 16h36

Hospitais de Sobradinho e Planaltina criam núcleo para otimizar uso de leitos

COMPARTILHAR

Objetivo é monitorar indicadores e garantir assistência aos casos mais graves

 

LEANDRO CIPRIANO, DA AGÊNCIA SAÚDE

 

Os hospitais regionais de Sobradinho (HRS) e Planaltina (HRPL) instituíram oficialmente um Núcleo Interno de Regulação (NIR), em cada unidade, para gerenciar os leitos hospitalares e otimizar a capacidade instalada. Apesar de a iniciativa já estar sendo adotada nos hospitais, foi formalizada e publicada no Diário Oficial do Distrito Federal desta segunda-feira (27).

 

Controle interno possibilita melhor gerenciamento dos leitos das unidades – Foto: Breno Esaki/Agência Saúde

Cada núcleo é formado por uma equipe de profissionais de saúde do hospital, que se reúne semanal ou quinzenalmente para monitorar indicadores assistenciais, como a taxa de ocupação de leitos, tempo médio de permanência e mortalidade institucional. O objetivo é utilizar as informações como norteadores das tomadas de decisão.

 

“O NIR oferece todos os componentes necessários para agilizar as altas, regular exames e deixar a gestão de olho na questão do giro dos leitos. Uma das funções do núcleo é garantir que os exames não demorem e, com isso, os leitos serem disponibilizados o quanto antes”, informou a superintendente da Região de Saúde Norte, Sabrina Gadelha.

 

Segundo a gestora, o HRPL é um exemplo de hospital que necessita do NIR por ser uma unidade menor em relação às demais, e com menos leitos. Dessa forma, precisa de um controle interno apurado para manter a rotatividade na assistência e deixar disponível alguma vaga para os casos mais graves.

 

“Se não tivermos o núcleo para agilizar os serviços, acaba impactando diretamente na população, pois o HRPL não possui uma enfermaria de clínica médica ou pediátrica, ou uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para dar apoio. Com o NIR, garantimos o giro mais rápido dos leitos”, ressaltou.

 

Sala Dia

 

Segundo a diretora do Hospital Regional de Sobradinho, Juliana Araújo, desde que iniciou o Núcleo Interno de Regulação na unidade, várias ações foram tomadas no sentido de melhorar o gerenciamento dos leitos no local. Uma delas foi a criação da Sala de Medicação Dia do HRS.

 

“Com esse novo serviço, conseguimos dar alta precoce aos pacientes, que podem voltar ao hospital para receber a complementação do tratamento. Assim, desospitalizamos mais rápido e evitamos internações, o que diminui a lotação hospitalar e garante leitos para os casos mais graves”, explicou Juliana Araújo.

 

Política Nacional

 

A Política Nacional de Atenção Hospitalar (PNHOSP), instituída em 28 de setembro de 2017, define e recomenda a criação do Núcleo Interno de Regulação nos hospitais.

 

Entre suas atribuições estão: disponibilizar o acesso ambulatorial, hospitalar, de serviços de apoio diagnóstico e terapêutico à população; além de permitir a busca por vagas de internação e apoio diagnóstico/ terapêutico fora do próprio estabelecimento para os pacientes que requeiram serviços não disponíveis, sempre que necessário.

 

De acordo com o Ministério da Saúde, o NIR realiza ainda o monitoramento do paciente, a partir de seu ingresso no hospital, sua movimentação interna e externa até a alta hospitalar. É uma estrutura ligada diretamente à direção geral do hospital e deve ser legitimada, com papel e função definidos.

 

EDIÇÃO: JOHNNY BRAGA

REVISÃO: JULIANA SAMPAIO