Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
30/10/12 às 13h24 - Atualizado em 30/10/18 às 14h57

Hospital Regional do Guará é pioneiro em atendimento geriátrico

COMPARTILHAR

Núcleo vai festejar com baileno no dia 9 de novembro

Para comemorar os 20 anos de existência, no dia 9 de novembro, o Núcleo de Geriatria do Hospital Regional do Guará – HRGu vai festejar com baile. Em 1992 surgiu a equipe pioneira da modalidade de geriatria na rede pública de saúde do DF. Composta por um médico geriatra, um assistente social, enfermeiros e técnicos em enfermagem, o Núcleo de Geriatria tornou-se referência para toda Secretaria de Saúde.

Cerca de 200 atendimentos a idosos são feitos na regional mensalmente, e um quarto desses dão espaço aos retornos médicos. Feito de forma multidisciplinar, o atendimento é contínuo e precisa ter apoio dos familiares e de todos que cercam o paciente. “No hospital é feito o atendimento ambulatorial, mas também fazemos o encaminhamento dos pacientes para as áreas especificas de acordo com análise do geriatra”, aponta a assistente social participante da equipe fundadora do núcleo, Maria Luciana Leite.

De acordo com a assistente social, a capacidade funcional ao longo da vida vai se reduzindo, e na terceira idade é importante manter independência e prevenir incapacidade. Por isso, é necessario reabilitar e garantir qualidade de vida. O processo natural de envelhecimento associado às doenças crônicas é o responsável pela limitação do idoso. Preparado para receber os pacientes com mais de 60 anos, o núcleo atende as múltiplas patologias que o envelhecimento trás como é o caso da hipertensão, diabetes, demência, AVC – Acidente Vascular Cerebral e depressão.

Luciana lembra que está no grupo desde o início, e que nesta fase da vida é importante focar sempre na prevenção, pois nem sempre o indivíduo irá manifestar sintomas da doença. Até o idoso aparentemente saudável requer cuidados. Conflitos familiares também são destacados como agravantes das enfermidades.

A regional prezando pela qualidade de vida dos idosos oferece diversos programas de assistência. Como por exemplo, o “Grupo de autoajuda” que acontece uma vez ao mês, com a intenção de orientar os familiares e cuidadores dos idosos.

“Manter o bem estar dos pacientes é a melhor maneira de assegurar a qualidade de vida dos idosos”, afirma Maria Luciana. Ela ainda ressalta a importância da prevenção de doenças em idosos que pode ser conseguida por meio de algumas mudanças nos hábitos de vida tais como: uma alimentação adequada, atividades físicas, busca do equilíbrio emocional, o controle do tabagismo ou da obesidade. Para isso a equipe do HRGu dispõe de grupos de automassagem, oficina de memória, biodança e o Coral das Gerações, que tem cerca de 45 participantes e até CD gravado.

 

O papel do geriatra em relação a esses indivíduos é tentar fazer com que eles possuam uma velhice mais tranquila e sem desconforto para que possam manter um ritmo de vida saudável independente e feliz. Para a comemoração do aniversário do núcleo, serão convidados idosos da comunidade e os profissionais que atuam na área para valorizar a interação dos idosos e de toda a comunidade. O evento será na QE 38, do Guará II, no Rotary Club.

 

Raquel Teixeira