Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
14/11/16 às 18h52 - Atualizado em 30/10/18 às 15h16

HRAN é selecionado para participar de Programa do Ministério da Saúde

COMPARTILHAR

Objetivo é melhorar a segurança do paciente

BRASÍLIA (14/11/16) – O Hospital Regional da Asa Norte (Hran) vai receber, durante um ano, a consultoria de um hospital particular de Porto Alegre para melhorar os índices de qualidade e segurança do paciente na unidade. A parceria ocorrerá dentro do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS), do Ministério da Saúde.

O programa permite que hospitais considerados de excelência contribuam com outras unidades a superarem desafios e a melhorar áreas estratégicas na gestão e prestação do serviço na rede pública de saúde. Neste ano, 70 hospitais da rede pública foram convidados a participar do Proadi-SUS. Destes, 30 se inscreveram e apenas 15 foram selecionados, entre eles, o Hospital Regional da Asa Norte.

Representantes do hospital de Porto Alegre passaram dois dias no Hran, quando visitaram as principais áreas da unidade. Ao final, apresentaram um breve diagnóstico com os itens que precisam ser aperfeiçoados. A conclusão inicial foi de que o hospital do DF está no caminho certo, dentro das seis metas internacionais de segurança e qualidade do paciente.

“São elas a identificação do paciente, a comunicação da equipe, a medicação e a cirurgia segura, higienização das mãos e prevenção de queda e úlcera de pressão. Já estamos executando muitas delas”, elenca o diretor do Hran, José Adorno.

Ele cita como exemplo a questão da identificação do paciente. “Nosso Núcleo de Qualidade e Segurança do Paciente monitora todas as áreas e apresenta à direção os resultados, para que possamos melhorar o que for preciso. Um exemplo é a identificação. Percebeu-se que apesar de colocarmos a pulseira de classificação no paciente, quando ele era atendido já não estava mais ali. Verificamos que a qualidade do papel utilizado era ruim e, assim, a pulseira se soltava com facilidade. Assim, mudamos o papel”, aponta.

CAPACITAÇÃO – A visita dos representantes do hospital de Porto Alegre foi o primeiro contato com o Hran. No próximo dia 23, deverá ser assinada pelo secretário de Saúde, Ministério da Saúde, Hran e Hospital Moinhos de Vento a formalização desta parceria.

“A partir daí teremos uma agenda a cumprir. Entre os dias 13 e 16 de dezembro, um grupo de profissionais da Secretaria de Saúde fará uma imersão no hospital de Porto Alegre e, ao retornarem, serão multiplicadores”, explica Adorno. Os custos da viagem serão pagos pelo Proadi-SUS.

PROGRAMA – O Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS) contribui para o desenvolvimento institucional do Sistema Único de Saúde por meio de intervenções tecnológicas, gerenciais e capacitação profissional.

A parceria entre o Ministério da Saúde (MS) e as entidades de saúde portadoras do Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social em Saúde (Cebas- Saúde) e de Reconhecida Excelência é regulamentada pela Lei Federal nº 12.101, de 27 de novembro de 2009.

A contribuição se dá por meio do desenvolvimento, incorporação e transferência de novas tecnologias e experiências em gestão, gerando novos conhecimentos e práticas, a partir de parceria entre as entidades de saúde de reconhecida excelência e os gestores do SUS, com atuação em conjunto na superação de desafios, melhoria e qualificação de áreas estratégicas na gestão e prestação do serviço público de saúde no país.