Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
23/02/16 às 18h09 - Atualizado em 30/10/18 às 15h14

Hran recebe visita de diplomatas

COMPARTILHAR

Representantes de Fiji, Gabão, Nova Zelândia, Reino Unido, Suécia e Tailândia foram conhecer a Unidade de Queimados
Agência Saúde

BRASÍLIA (23/2/16) – Diplomatas representantes de Fiji, Gabão, Nova Zelândia, Reino Unido, Suécia e Tailândia visitaram a Unidade de Queimados do Hospital Regional do Asa Norte, nesta segunda-feira (22). O objetivo foi conhecer o atendimento do Sistema Único de Saúde aos pacientes vítimas de queimaduras.

O diretor do Hran, José Adorno, especialista em tratamento de queimados, palestrou aos visitantes. Um dos assuntos foi quais são os agentes químicos que mais fazem vítimas graves de queimaduras. Destacou, também, a luta, junto ao poder legislativo, para criar o projeto de lei que ampare sequelados de queimaduras.

A ideia da visita à unidade surgiu em novembro do ano passado, durante a Feira Internacional das Embaixadas, quando a embaixatriz da Suécia, Anette Hjelmborn, demonstrou interesse em conhecer o trabalho Associação de Prevenção e Intervenção em Queimaduras (Avance).

Chamou a atenção dos organizadores a parceria da Avance com o hospital público, referência no tratamento de queimaduras de grande extensão e/ou grande profundidade e suas peculiaridades, atendimento de excelência a todo e qualquer faixa etária, oriundos de qualquer parte do país.

ONG – A Avance funciona no ambulatório do Hran e é responsável pela confecção e doação da malha de compressão necessária no tratamento do grande queimado após o período de internação hospitalar. A malha é confeccionada sob medida e sua durabilidade média é de três meses, variando conforme o uso e os cuidados de higienização.

A ONG disponibiliza, além da malha, o filtro solar e o hidratante conforme recomendação de especialista em Dermatologista da unidade de queimados. O serviço assistencial hoje prestado pela Avance existe há 24 anos no Hran.