Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
1/08/13 às 13h33 - Atualizado em 30/10/18 às 15h06

HRT promove gincana do aleitamento materno

COMPARTILHAR

Atividades da Semana Mundial de Amamentação no Taguaparque

A Regional de Saúde de Taguatinga (HRT), como Centro de Referência dos Bancos de Leite Humano (BLH) da Secretaria de Saúde do Distrito Federal, promoverá neste sabado (3), das 8h às 12h, uma gincana que envolverá servidores e mães nutrizes, no Taguaparque.

O evento faz parte das comemorações da Semana Mundial da Amamentação (SMAM) que é lembrada de 1º a 07 de agosto em cada BLH da SES. O tema é “Acolhimento em Amamentação: Tão importante quanto amamentar o seu bebê, é ter alguém que escute você”.

A semana tem como objetivo divulgar a importância do apoio profissional na prática do aleitamento materno contribuindo para a saúde da mulher e da criança.

Os profissionais do BLH do HRT programaram uma caminhada em torno do parque. Haverá, ainda, apresentação artística, aferição da pressão arterial, medição de glicemia, orientação, informação sobre amamentação e premiação para quipe vencedora da gincana.

A coordenadora do Nucleo do BLH do HRT, enfermeira Laurene Passos Silva, informa que as atividades da gincana envolvem profissionais dos centros de saúde pertencentes à regional e unidades do hospital (maternidade, centro obstétrico, Unidade de Terapia Intensiva Neonatal, UTI pediátrica e pediatria).

Durante as atividades da gincana, cada equipe deverá realizar tarefas relacionadas ao apoio ao aleitamento materno, incluindo coleta de frascos para acondicionamento do leite materno, mobilização de maior número de mulheres nutrizes, apresentação das rotinas de cada unidade e melhor caracterização sobre a amamentação.

Amamentação

A amamentação é fundamental para a saúde e o crescimento adequado dos bebês. A Organização Mundial de Saúde (OMS) orienta que as crianças sejam amamentadas até, pelo menos, os dois anos de idade.

A pediatra Miríam Santos, coordenadora de Aleitamento Materno e Banco de Leite Humano da SES/DF, destaca que “o leite materno é o melhor alimento para o bebê. Tem os nutrientes necessários e favorece o desenvolvimento cerebral”.

Miríam ressalta que o leite desenvolve o sistema imunológico da criança e diminui o risco de ela contrair doenças, como diarreia e pneumonia. No caso das mulheres, diminui a possibilidade de desenvolver câncer de mama e de ovário e a incidência de anemia pós-parto.

Karla Cristina Gadelha, 29 anos, bancária, mãe de Ester Gadelha Caiafa, de 14 dias, relata que sua filha apresentava dificuldade na pegada correta durante amamentação e estava perdendo peso. “Procurei o BLH do HRT e recebi todas as orientações da amamentação correta. Com a  amamentação correta, minha filha começou a ganhar peso”, afirma Ester.

Nathália Albernaz, 24 anos, desempregada, teve o mesmo problema com a filha, Laura Beatriz, de 10 dias, no Hospital Materno Infentil de Brasília (HMIB). Moradora de Taguatinga, foi orientada no BLH do HMIB a procurar o BLH do HRT. Em poucos dias a menina começou a ganhar peso.

“É uma ajuda que não tem preço. A gente entra em desespero ao ver o filho com fome. Graças às orientações dos profissionais do BLH, ela conseguiu ganhar peso. Estou levando frascos para doação de leite e poder ajudar outras crianças”, disse Nathália.

Pioneiro

O BLH do HRT funciona desde 1978. É referência no Distrito Federal e coleta três litros e meio de leite materno por dia.  Segundo a coordenadora do BLH do HRT, o leite doado é distribuido prioritariamente aos bebês na UTI Neonatal dando suporte ao centro obstétrico, alojamento conjunto e pediatria.

O centro conta com local para pasteurização, dois consultórios (ambulatório de dificuldades), salas, de recepção, reunião (palestras e orientação), coordenação, posicionamento (dieta dos recém-nascidos), apoio, ordenha, patio de recreação (ambiente aberto para atividades laboriais, recreativas com mães e crianças), três banheiros, copa e repouso.

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal dispõe de uma rede de Bancos de Leite Humano nos hospitais de Taguatinga (HRT), Asa Sul (HMIB), Asa Norte (HRAN), Sobradinho (HRS), Planaltina (HRPl), Gama (HRG), Santa Maria (HRSM), Ceilândia (HRC), Brazlândia (HRBz), Paranoá (HRPa) e dois postos de coleta em São Sebastião e Samambaia.

Júlio Duarte