Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/11/19 às 13h34 - Atualizado em 7/11/19 às 13h36

Iges-DF realiza primeira jornada de residentes

COMPARTILHAR

Evento busca a humanização no atendimento aos pacientes

 

Mais de 170 pessoas participaram, nesta quinta-feira (7), da abertura da I Jornada dos Residentes do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF) e da XXXVII Jornada dos Médicos Residentes e Egressos do Hospital de Base do Distrito Federal. O encontro, que segue até amanhã (8), tem como tema A assistência ao paciente de alta complexidade – Base no cuidado humanizado.

 

Diretor-presidente do Iges-DF, Francisco Araújo abriu a jornada ressaltando que a humanização do atendimento é um das principais metas estabelecidas pelo governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha. “Precisamos incluir as pessoas na perspectiva do direito. O governador está preocupado com a humanização. Tem que haver o cuidado, o profissional tem que olhar no olho do paciente. Podemos ter os melhores equipamentos, mas sem a humanização não adianta”, destacou.

 

O diretor de Ensino e Pesquisa do Iges-DF, Everton Macedo, enfatizou que o evento foi idealizado para reforçar o aprendizado. “O cuidado humanizado é uma tecla que temos apertado continuadamente. Nosso convite é para que vocês realizem essa reflexão durante esses dois dias”, disse.

 

Para o diretor de Atenção à Saúde, Júlio César, atualmente, as novas tecnologias permitem que os residentes busquem conteúdos modernos e conheçam alternativas inovadoras medicina, ampliando cada vez mais os desafios.

 

“Vocês têm o melhor corpo clínico aqui no Hospital de Base. Hoje, também têm o celular na mão, onde é possível pesquisar, mas a maior curva de aprendizagem ocorre ao longo do tempo, com a experiência”, orientou o subsecretário de Atenção Integral à Saúde, Ricardo Tavares.

 

Ao final do evento, foi entregue um certificado de homenagem a um dos primeiros residentes que contribuíram para a fundação do serviço de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Base, entre os anos de 1972 e 1973, Edson Coutinho.

 

Da Ascom/Iges-DF