Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/11/19 às 10h43 - Atualizado em 8/11/19 às 11h31

Médicos residentes expõem suas descobertas em evento no HRT

COMPARTILHAR

Pesquisas foram avaliadas durante a XIV Jornada da categoria

 

Mais de 80 médicos residentes e seus supervisores participaram da XIV Jornada dos Médicos Residentes do Hospital Regional de Taguatinga. Durantes os dias 6 e 7 de novembro, trabalhos dos residentes, desenvolvidos na unidade, ficaram expostos e sob avaliação dos profissionais da casa. Palestras e oficinas sobre diferentes especialidades médicas também foram realizadas durante o evento.

 

Nos intervalos das palestras, médicos em formação, como o residente da Radiologia e Diagnóstico por Imagem, Leonardo Teixeira Domingos Silva, defenderam suas ideias e descobertas em banners e debate com os colegas. Leonardo, que está no 1º ano de residência, desenvolveu sua pesquisa com outros dois profissionais do 2º e 3º anos.

 

“É um trabalho educativo para os médicos sobre os achados do acidente vascular isquêmico na tomografia computadorizada. A utilidade desse trabalho está no fato de o médico se informar sobre isso para melhorar o prognóstico do paciente que sofre uma condição muito prevalente”, conta o residente.

 

Para Leonardo, o maior aprendizado, neste período, vai além da Medicina. “Eu também desenvolvi outras habilidades e melhorei a relação pessoal, a comunicação. É preciso saber discutir, conversar, argumentar, saber se o colega está entendendo o que você está falando, que isso vai fazer a diferença para o paciente”.  Para ele, o melhor de se fazer a residência em um hospital público é acesso diário a uma grande variedade de casos.

 

Sobre a jornada, a responsável pela Coordenação de Residência Médica (Coreme) do HRT, Lara Benigno Porto Dantas, enfatiza: “É um momento ímpar, porque permite a atualização e o crescimento profissional, além de possibilitar a divulgação dos trabalhos científicos realizados dentro do hospital”.

 

RESIDÊNCIA – De acordo com a coordenadora, o hospital conta com 127 médicos residentes que atuam em diferentes especialidades médicas. Na unidade, estão disponíveis 11 programas diferentes.

 

Lara Dantas reforça que a “integração ensino-serviço, à qual ocorre com a presença do residente no âmbito das instituições de saúde, possibilita a troca de saberes entre residentes, preceptores, profissionais do serviço e usuários, contribuindo para a formação de profissionais comprometidos com a qualidade na saúde e que atendam às reais necessidades da população. Assim, é de grande importância fortalecer o ensino no HRT”, finaliza.

 

Josiane Canterle, da Agência Saúde

Fotos: Divulgação/Saúde-DF