Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/08/13 às 22h12 - Atualizado em 30/10/18 às 15h06

Noite especial para crianças internadas no Hospital da Criança e HMIB

COMPARTILHAR

Três crianças internadas no Hospital Materno Infantil de Brasília (HMIB) e Hospital da Criança assistiram, nessa quinta-feira (01), a pré-estreia do espetáculo do Cirque du Soleil, no Eixo Monumental.

A ação faz parte de um projeto idealizado pelas Doutoras Música e Riso, que tem como objetivo levar a arte até as crianças e ajudá-las na recuperação da doença.

“Começamos com esse trabalho há cinco anos, e temos parceria com o HMIB e o Hospital da Criança. Acredito que nossas visitas e programações ajudam as crianças a responder melhor ao tratamento”, comenta a diretora do projeto, Antônia Vilarinho.

Três pacientes de cada um dos hospitais foram escolhidos e liberados pelos médicos para fazer o passeio que foi acompanhado por quatro integrantes das Doutoras Música e Riso, duas enfermeiras e uma médica pediatra. Além do espetáculo, os pacientes também comeram pipoca e tomaram refrigerante oferecido pelos funcionários do circo que fizeram a pré-estreia apenas para grupos que participam de projetos sociais no DF.

“Tivemos o cuidado de não atrapalhar o tratamento das crianças e escolhemos apenas aquelas que estavam em melhores condições para sair do hospital, tudo com a devida autorização dos pais”, comenta a chefe da pediatria do HMIB, Julister Maia.

Juliana Araújo, residente do HMIB, responsável pelo tratamento de, Isac Ribeiro, de seis anos, conta que o menino relatou para equipe todos os detalhes do que presenciou ao assistir o espetáculo.

“A história de vida dele é sofrida e vê-lo feliz foi muito bom. Ele nunca tinha ido ao circo, quando chegou aqui contou para todos a sua experiência e ainda disse que comeu muita pipoca”, comenta a residente.

A chefe da pediatria relata que na manhã desta sexta-feira (2), as três crianças do HMIB apresentaram uma melhora no quadro clínico e receberam alta médica.

“Acho que o programa colaborou muito no tratamento delas. Foi maravilhoso ver a ansiedade deles ao saberem que foram escolhidos para o passeio e depois presenciar a felicidade estampada no rosto de cada um quando assistiam ao espetáculo”, concluí a médica.

Ludmila Mendonça

Leia também...