Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/05/15 às 11h15 - Atualizado em 30/10/18 às 15h12

Pacientes com dificuldades de locomoção recebem doações

COMPARTILHAR

Voluntários do HBDF entregam cadeiras de rodas

BRASÍLIA (21/5/15) – Pacientes com dificuldades ou problemas de locomoção ganharam mais uma doação de um dos grupos de voluntários do HBDF, o Serviço Auxiliar de Voluntários (SAV) recebeu 4 novas cadeiras de rodas e 5 cadeiras de banho para os pacientes em situação de vulnerabilidade. As cadeiras foram doadas pelo empresariado do Distrito Federal.

O uso de cadeiras no Hospital é constante em pacientes que precisam de locomoção: com um dos membros imobilizados; que realizaram cirurgias; aqueles que precisam se locomover depois de realizar hemodiálise ou quimioterapia; entre outros.

O Serviço Auxiliar de Voluntários realiza projetos no HBDF há 38 anos. “Um exemplo do nosso trabalho é quando um paciente, ao ser internado e ficando vários dias no Hospital, não tem condições de comprar roupas e produtos de higiene. Nesse caso, auxiliamos para proporcionar isso a ele”, explica Carlos de Castro.

Para saber se um paciente encontra-se em estado de vulnerabilidade, é realizada uma avaliação pelo Núcleo de Assistência Social do HBDF, em caso afirmativo, o paciente passa a ser assistido pela Assistência Social e pelos grupos de voluntários.

Carlos afirma que o trabalho é intenso, pois, no Hospital de Base, há um número grande de pessoas com dificuldades (em situação de carência) que moram longe e em outros estados.

Parcerias – o grupo trabalha por meio de parcerias com diversas empresas e com as pessoas comuns que doam objetos pessoais. “Procuramos fazer um trabalho de sensibilização do empresariado do DF para que eles nos ajudem. Mostramos que fazemos um trabalho sério de auxílio ao próximo, doamos amor para quem necessita. E isso mobiliza as pessoas. Essas parcerias são essenciais para nosso trabalho”.

Espaço – uma dificuldade que o grupo enfrenta atualmente é o espaço pequeno da sala, que segundo Carlos, não comporta todas as coisas que ganham em doações. “Precisamos de espaços maiores. A nossa sala está pequena. Por isso, não temos condições de acomodar tudo. Algumas de nossas doações acabam ficando nas empresas e pegamos depois”, acrescenta.
Quem quiser apoiar com doações de mantimentos, cestas básicas, roupas, sapatos, produtos de higiene, muletas, cadeiras de rodas, entre outros materiais, entre em contato com o SAV pelo telefone 3315-1601 / 3322-6594.

O grupo conta hoje com uma média de 140 voluntários. Qualquer pessoa pode se voluntariar.