Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
31/03/16 às 14h46 - Atualizado em 30/10/18 às 15h14

Pacientes e servidores do Hospital de Apoio participam de Dia da Beleza

COMPARTILHAR

Ação fez parte das atividades de comemoração dos 22 anos da unidade

BRASÍLIA (31/3/16) – Dar uma pausa na realidade. Essa foi a sensação relatada pela mãe de um adolescente de 15 anos, internado há dois meses no Hospital de Apoio de Brasília, por espancamento. Elisângela Tomaz de Souza, 36 anos, aproveitou as atividades de comemoração de 22 anos da unidade, nesta quarta-feira (30), para fazer uma hidratação facial, mimo que nunca tinha feito. “Esses momentos são bons para que os dias ruins sejam esquecidos pelo menos por alguns minutos”.

O mesmo sentimento foi compartilhado por Leonardo Avelino, 33 anos, internado há duas semanas para tratar de uma paralisia causada pelo alcoolismo. Ele aproveitou o dia da beleza para cortar seu cabelo que, segundo ele, “não via uma tesoura fazia muito tempo”. “Me sinto mais bonito e, além disso, dá um ânimo para sair daqui e viver uma nova vida”, relatou emocionado o paciente.

E não foram apenas os pacientes que aproveitaram das atividades da data comemorativa. Os servidores também curtiram o momento. Esse foi o caso da técnica de hemoterapia, Elizabeth Teles, 42 anos, que optou por fazer maquiagem. “Esse tipo de iniciativa não é positiva apenas para melhorar a estética da pessoa, ela é uma troca de carinho entre as pessoas”.

A diretora geral do hospital, Anelise Carvalho Pulschen, ressaltou que esse tipo de ação é de suma importância porque reflete diretamente no tratamento dos pacientes. “No mesmo dia e nos dias seguintes, o comportamento dos internados e dos acompanhantes são mais positivos e isso nos ajuda muito”. De acordo com ela, com a reinauguração da unidade de cuidados paliativos, a unidade possui atualmente 61 internados, fora o atendimento ambulatorial.

Além de corte de cabelo, maquiagem e hidratação facial estavam sendo oferecidos no local reflexologia podal – que consiste na aplicação de pressão em pontos do pé para equilibrar a energia do corpo e evitar o surgimento de doenças e problemas de saúde -, massagem, dentre outros. A ação foi realizada por frequentadores da Igreja Batista Ebenezer, que há 16 anos faz este tipo de iniciativa na unidade voluntariamente.