Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/08/16 às 18h55 - Atualizado em 30/10/18 às 15h15

Pais participam de oficina de shantala no HRC

COMPARTILHAR

Massagem ajuda a reduzir cólicas e aumenta vínculo com os bebês

BRASÍLIA (11/8/16) – Papais de bebês internados na maternidade do Hospital Regional de Ceilândia (HRC) tiveram, nesta quarta-feira (10), a oportunidade de ter um contato maior com os filhos, durante a primeira oficina de shantala voltada para eles, em comemoração ao “Agosto Dourado” (mês símbolo da luta pelo incentivo à amamentação).

Cerca de dez pais participaram. “A receptividade foi maior que o esperado”, destacou a chefe do Núcleo de Saúde Funcional do HRC, Yara Santos. A divulgação, segundo a médica, foi feita apenas dentro da maternidade. “Mas promovemos a shantala, normalmente, nos centros de saúde em Ceilândia”, completa.

Segundo a enfermeira e instrutora do curso, Edna Bernardes, as técnicas de shantala ajudam a acalmar os bebês e, para os pais, a emoção sentida durante a massagem é diferente. “Como as mães já convivem com os movimentos e as reações dos bebês, elas encaram a massagem com mais simplicidade, enquanto os homens demonstram mais surpresa e emoção”, observa.

Para o papai da Eloá Moraes, Anderson Moraes, a oficina foi uma oportunidade de maior aproximação com a filha. “É um carinho mais gostoso, mais perto. Depois da oficina, já pratiquei a shantala com ela”, conta. Ele destacou, ainda, que para muitos pais é também uma forma de aprendizado para segurar a criança. “Tem pais que ficam inseguros ao segurar o recém-nascido. Com a oficina, uma enfermeira dando apoio, fica mais fácil”, diz.

Ela destaca, ainda, que fazer a shantala nos bebês é, para os pais, o momento de entender qual a sua participação neste momento puerpério. “No início eles ficam tímidos. Muitos não sabiam nem mesmo tirar a roupinha. Mas quando vão vendo as respostas, ficam mais tranquilos”, diz Edna. “Tivemos bebês sorrindo ao encostar o coração no peito do pai e outros parando de chorar com esse contato”, diz.

De acordo com a enfermeira, a shantala traz benefícios para o bebê tanto no contexto físico e orgânico quanto mental. “Quando fazemos os movimentos na orelhinha, na cabeça, a criança fica mais relaxada. A massagem é boa para diminuir as cólicas e estimula a amamentação”, explica.