Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/03/16 às 19h35 - Atualizado em 30/10/18 às 15h14

Parceria entre Samu e UnB capacitará servidores em intervenções em crises

COMPARTILHAR

Urgências psicossociais chegam a 12% dos atendimentos do Núcleo de Saúde Mental

BRASÍLIA(11/03/2016) – Profissionais que integram o Núcleo de Saúde Mental do Samu (Nusam) iniciaram esta semana, um Curso de Atualização em Terapia Cognitivo Comportamental e Análise do Comportamento no Laboratório de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da Universidade de Brasília.

Dois psicólogos e um técnico de serviço social estão participando da capacitação, que terá a duração de um ano, e será coordenado pelo médico psiquiatra Gabriel Graça, e administrado pelos psicólogos Tânia Pappas e Bernardo Cherulli.

O objetivo é aprimorar os profissionais do Nusam em técnicas cognitivas comportamentais, de modo que eles possam realizar um atendimento mais eficiente e humanizado, nas intervenções em crises psicológicas ou psiquiátricas que são atendidas diariamente pela equipe do SAMU 192 DF.

Para o Laboratório de Psiquiatria da UnB, é uma oportunidade de transferir uma tecnologia efetiva ao SUS, de intervir na comunidade e de contribuir com melhoria para a saúde pública.

HISTÓRICO – O SAMU 192 do Distrito Federal foi o primeiro do país a contar com uma equipe multidisciplinar especializada em intervenção em crise, saúde mental e atenção psicossocial. O serviço, que começou a ser oferecido em 2012, conta com o apoio de psicólogos, assistentes sociais e psiquiatras.

De todos os atendimentos realizados pelo SAMU, aproximadamente 3,5% são emergências psiquiátricas, como surtos psicóticos, agitação e agressividade, comportamento suicida e crises de ansiedade.

O percentual sobe para 12% dos atendimentos quando consideradas as urgências psicossociais, como intoxicação e abstinência por álcool e drogas, violência física e sexual, acidentes com múltiplas vítimas, desastres e catástrofes e situações de negligência.

Em todos estes casos, além de prestar atendimento por telemedicina e “in loco” a equipe do Nusam realiza posteriormente o serviço de teleatendimento, de forma a vincular o paciente na Rede de Atenção Psicossocial. Já no âmbito da psicotraumatologia, a equipe realiza os primeiros socorros psicológicos, psicossociais e a prevenção do estresse pós-traumático em situações de violência, acidentes, desastres e catástrofes.