Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/04/16 às 22h02 - Atualizado em 30/10/18 às 15h14

Planaltina recebe força-tarefa no combate ao Aedes aegypty nesta sexta-feira (8)

COMPARTILHAR

Militares do Corpo de Bombeiros e Exército atuarão na cidade em conjunto com os agentes de vigilância ambiental

BRASÍLIA (7/4/16) – Na manhã desta sexta-feira (8), a força-tarefa de combate ao Aedes aegypti fará um mutirão de inspeção e manejo ambiental na cidade de Planaltina. Serão 125 militares do Corpo de Bombeiros e Exército que se juntarão aos agentes de vigilância ambiental da cidade para visitar os imóveis. O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) e a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) ficarão responsáveis pelo recolhimento de materiais inservíveis.

“Planaltina vem apresentando um aumento no número de casos em comparação com o mesmo período do ano passado. Já tivemos a força atuando no início do ano na cidade, mas decidimos intensificar novamente o combate para que possamos inspecionar o maior número de casas possível e realizar novamente o manejo”, explicou o chefe da Assessoria de Mobilização Institucional e Social para Prevenção de Endemias, Ailton Domício.

Planaltina já registrou 696 casos de dengue este ano, se tornando a quinta cidade com o maior número de casos da doença no DF. Quem quiser denunciar possíveis focos do mosquito deve ligar para o número 160 ou diretamente no Núcleo de Vigilância Ambiental da cidade, pelo telefone 3388-3909.

BRAZLÂNDIA – Durante esta quinta-feira (7) foi a vez de Brazlândia receber o mutirão. Entre as ações para eliminar possíveis focos de proliferação de larvas do Aedes aegypti ocorreram a colocação de areia em ocos de árvores, vistoria em coberturas de paradas de ônibus, em borracharias, funilarias, floriculturas, casas de material de construção e ferros-velhos.

DICAS DE PREVENÇÃO

– Manter a caixa d'água bem fechada;
– Encher os pratos dos vasos de planta com areia;
– Manter garrafas com a boca para baixo;
– Fechar corretamente os sacos de lixo;
– Não deixar acumular entulho;
– Manter as calhas desentupidas são ações importantes de prevenção.