Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
24/08/20 às 14h11 - Atualizado em 26/08/20 às 15h02

Profissionais do Narp do HRSam usam uniforme para a remoção de pacientes

COMPARTILHAR

No Hospital de Samambaia, uso de uniforme visa identificar, proteger e padronizar a equipe de profissionais

 

ÉRIKA BRAGANÇA, DA AGÊNCIA SAÚDE DF

 

A equipe do Núcleo de Apoio e Remoção de Pacientes do Hospital Regional de Samambaia (Narp) adotou uniforme com o objetivo de identificar, proteger e padronizar a equipe. A área busca trazer ainda mais profissionalismo e fortalecimento organizacional no ambiente de trabalho. O uniforme contribui para a proteção do profissional da saúde.

 

Foto: Divulgação/SES-DF

Os servidores atuantes fazem o transporte de pacientes para diversos serviços e são ligados à unidade de origem. Esse trabalho deve ser feito de forma segura, minimizando possíveis complicações e garantindo a estabilidade do paciente, bem como a proteção do profissional da saúde durante o transporte.

 

Kamila Xavier Graçano Cunha, gerente da Gerência Interna de Regulação do HRSam e a chefe do Narp, Isabel Carvalho decidiram adotar a estratégia para melhorar a gestão. Ambas ressaltam que o uniforme traz segurança e ajuda na identificação dos profissionais em outras unidades de Saúde.

 

“Quando exercemos uma função que nos dá prazer, desempenhamos com amor e dedicação. Assim, estamos hoje de uniforme, com intuito de identificar, proteger e padronizar nossa equipe trazendo profissionalismo e fortalecimento organizacional”, ressaltou Isabel.

 

Foto: Divulgação/SES-DF

Todas as unidades da rede pública de saúde possuem um Narp que é responsável pelas remoções de pacientes para execução de exames e pareceres em unidades da rede, transferência do paciente para internação em outra unidade hospitalar, transferência de paciente de alta de UTI, remoção do pacientes para realização de hemodiálise em hospitais ou clínicas.

 

Para realização dessas remoções são necessários um técnico de enfermagem, um motorista e uma ambulância.

 

Hospital do Gama

 

Uma ideia semelhante foi desenvolvida pela equipe do Narp do Hospital Regional do Gama. Em maio, os profissionais passaram a usar uniformes padronizados com identificação do serviço. Trata-se de um macacão e um coturno personalizado, inspirado nos uniformes do Samu e do Corpo de Bombeiros Militar. Mesmo com o macacão e coturno, os profissionais continuam se paramentando com capote, máscara, protetor facial e luvas que são disponibilizados pela Secretaria de Saúde.

 

EDIÇÃO: JOHNNY BRAGA

REVISÃO: JULIANA SAMPAIO