Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
31/03/14 às 14h14 - Atualizado em 30/10/18 às 15h10

Programa de Saúde do Idoso de Sobradinho recebe prêmio

COMPARTILHAR

A unidade apresentou uma Caderneta de Orietação 

O Programa de Atenção Integral à Saúde do Idoso de Sobradinho (Paisi) recebeu prêmio pela elaboração da Caderneta da Pessoa Idosa. O Trabalho foi apresentado no maior evento da atenção básica do Brasil, a IV Mostra Nacional de Atenção Básica à Saúde, que aconteceu em Brasília. Dos 3.780 trabalhos apresentados, cem foram premiados, sendo quatro do Distrito Federal, incluindo o da regional de Sobradinho.

Conforme a coordenadora do Paisi, de Sobradinho, Larissa de Lima Borges, a Caderneta da Pessoa Idosa é uma espécie de mini prontuário inicialmente criado pelo Ministério da Saúde em 2007, onde são inseridas e acompanhadas situações de saúde específicas do idoso, como histórico de quedas e doenças.

O Paisi de Sobradinho instituiu a caderneta junto as 16 equipes de saúde da família da regional, como ferramenta para avaliar, monitorar e controlar indicadores de saúde destes idosos. “O programa visa conhecer a fundo o idoso e planejar as ações ideais para trabalhar a saúde do mesmo”, disse Larissa.

Hoje em dia, no Distrito Federal, há mais de 240 mil idosos, 14.032 em Sobradinho, o que corresponde 8,6% da população, conforme o Núcleo da Saúde do Idoso no DF (Naisi), a capital está envelhecendo e a atenção para com a terceira idade tende a aumentar.

O projeto da caderneta veio para atender a necessidade sentida pela sociedade de focar mais na promoção de um envelhecimento saudável. Uma prova disso são os projetos de saúde pública voltados para a terceira idade, como As Metas da Política Nacional de Saúde da Pessoa Idosa desenvolvidas todo ano pelo Ministério da Saúde.

Em Brasília, segundo a política nacional, são realizadas ações como palestras com orientações preventivas aos idosos, visitas domiciliares feitas pelas equipes da Saúde da Família e também, as campanhas de vacinação do idoso, já contando com a campanha da influenza, que deverá ocorrer nos próximos meses.

De acordo com a médica geriatra Aline Laginestra, que compõe a Coordenação de Geriatria da Secretaria de Saúde, o envelhecimento saudável depende muito de hábitos positivos. “A saúde do idoso e o envelhecimento saudável estão mais ligados à dieta, exercício, lazer, atividades culturais e intelectuais, postura e bom animo”, afirma a médica.

Orientações Gerais para os Idosos

A) Idoso no Brasil é toda pessoa com 60 anos de idade ou mais
B) Vitaminas e hormônios não são capazes de retardar o envelhecimento
C) Não é normal da idade, não é normal do idoso:
– Perder a capacidade de fazer as coisas sozinho (a)
– Cair com frequência
– Tomar muitos remédios
– Perder peso sem estar fazendo regime para isto
– Dificuldade para enxergar, ouvir e falar
– Dificuldade para memorizar as coisas
– Perder os dentes
– Perder o interesse pelo sexo
D) Em qualquer das situações acima, procure o serviço de saúde mais próximo.
Link: http://atencaobasica.org.br/mostra

Por Fernanada Azevedo, da Agência Saúde DF
Atendimento à imprensa: (61) 3348-2547/2539 e 9862-9226