Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/07/13 às 14h11 - Atualizado em 30/10/18 às 15h06

Programa de combate à violência do HRPa tem equipe ampliada

COMPARTILHAR

Até o mês de junho, foram notificados 117 casos

O Programa de Pesquisa, Assistência e Vigilância às Violências (PAV) do Hospital Regional do Paranoá (HRPa), o Programa Girassol, teve a sua equipe ampliada, o grupo agora é composto por cinco profissionais que atendem quem sofre ou já sofreu algum tipo de violência. Desde essa ampliação o número de atendimentos à população aumentou consideravelmente.

A equipe do Programa Girassol é formada por psicólogos, assistentes sociais, enfermeiros e técnicos preparados para acolher e oferecer o atendimento necessário para por fim ao sofrimento decorrente da vivência de violência. O número de casos de violência notificados, na regional, em 2012 é de 284 contra 197 de 2011. Até o mês de junho deste ano foram notificados 117 casos, a equipe está trabalhando para atendê-los.

A coordenadora do Programa Girassol, Isabella Stephan, afirma que com a ampliação da equipe ficou muito mais fácil fazer o acolhimento e os atendimentos às famílias. “O número de pessoas que podemos ajudar vem aumentando cada vez mais, é muito gratificante saber que estamos orientando e ajudando tantas famílias”, comemora. O programa presta atendimentos a crianças, adolescentes e idosos.

A enfermeira do programa, Tereza de Fátima Gomes de Bastos, conta que antes do programa era muito difícil a identificação das pessoas violentadas, principalmente os idosos. “Muitas vezes para o idoso o que acontece com ele não é uma violência, mas algo normal. Como profissionais é o nosso dever orientar as famílias e acolhe-las, o programa girassol abriu as portas para as pessoas”, afirma.

O PAV é ligado ao Núcleo de Estudos e Programas na Atenção e Vigilância em Violência (NEPAV) da Secretaria de Saúde. Cada PAV é responsável pelo monitoramento de denuncias dentro da sua regional, pela prevenção sempre que convocados e pela capacitação para os profissionais tanto da saúde quanto outros profissionais como professores e outros.

 

Jaqueline Chaves