Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/02/17 às 13h00 - Atualizado em 30/10/18 às 15h16

Projeto Emagrecer Saudável incentiva a reeducação alimentar dos servidores

COMPARTILHAR

Iniciativa acontece no Centro de Saúde 4 da Estrutural

BRASÍLIA (20/2/17) – Preocupados com a saúde, devido uma má alimentação e falta de exercícios físicos, os servidores do Centro de Saúde 4 da Estrutural resolveram iniciar o Projeto Emagrecer Saudável que tem o objetivo de promover a reeducação alimentar e a perda de peso de forma sadia. A iniciativa, que já está na sua segunda versão, é direcionada pela nutricionista da unidade, Aline Melo.

De acordo com a profissional, o projeto começou no ano passado, quando a equipe de Saúde da Família a procurou em busca de ajuda para que conseguissem perder peso. “Inicialmente, eram apenas seis servidores. Começamos a primeira turma em setembro de 2016 e conseguimos alcançar ótimos resultados”, explica Aline.

Ela conta que o principal foco da ação é cuidar da saúde do cuidador e, com isso, aumentar a qualidade de vida. “Esse é o diferencial do Emagrecer Saudável, pois nos preocupamos com as pessoas que prestam assistência à saúde da população. Foi a forma que encontramos de melhorar a vida daqueles que precisam estar bem para que possam oferecer um serviço de excelência”, completa.

COMO FUNCIONA – Dos 150 servidores que trabalham na unidade, 60 participam do projeto. A segunda turma foi iniciada em 23 de janeiro e os encontros do grupo acontecem a cada 15 dias, sempre às 16h, no Centro de Saúde 4 da Estrutural. Além das reuniões presenciais, os participantes também recebem dicas e a assistência da nutricionista por meio de um grupo no WhatsApp. Lá, os servidores podem tirar dúvidas sobre quais alimentos pode ingerir, compartilhar receitas e aproveitar para incentivar uns aos outros.

“O grupo funciona como uma ferramenta de auxílio aos encontros quinzenais. Nele, dividimos as vitórias e angústias de cada um, porque trata-se também de um trabalho de equipe. Quando uma pessoa não consegue ter disciplina na hora de comer ou manter a rotina de exercícios, quem está mais incentivado ajuda o outro a voltar a ter foco”, ressalta a nutricionista da unidade, Aline Melo.

BONS RESULTADOS – Isidora Martins, de 38 anos, é agente comunitária da saúde. Ela conta que chegou a pesar 101 quilos e, devido ao excesso de peso, passou a ter pré-diabetes, dores fortes na coluna e nas pernas e muita fadiga após fazer algum esforço físico. “Em 2016, a minha saúde começou a apresentar complicações e, às vezes, meu trabalho exige atividade física como, por exemplo, caminhada. Como estava acima do peso, passei a ter algumas dificuldades”, relembra.

“Fui uma das participantes do primeiro programa e com ele aprendi o que é comer de forma saudável aliado à prática de exercícios. Em três meses e meio consegui perder nove quilos”, comenta a servidora ao revelar que a nova meta é perder 10 quilos e, por isso, resolveu participar da segunda turma.

Valdineia de Freitas, tem 42 anos e também é agente comunitária da saúde. A profissional foi integrante da primeira turma do Emagrecer Saudável e, à época, conseguiu perder cinco quilos e 500 gramas.

“Antes de entrar no projeto, descobri que estava com hérnia de disco, o que, em parte, era devido ao sobrepeso. Ter perdido alguns quilos já ajudou no alívio da dor, além das roupas terem voltado a caber e a autoestima ter sido elevada”.

Veja as fotos aqui