Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
18/05/17 às 16h43 - Atualizado em 30/10/18 às 15h17

Região de Saúde Centro Norte realiza Conferência das Mulheres

COMPARTILHAR

Missão do evento é elaborar propostas de políticas públicas

BRASÍLIA (18/5/17) – A principal causa de morte da população feminina da Região de Saúde Centro Norte, em 2016, foi o câncer. Foram 113 notificações, segundo o Sistema de Informação de Mortalidade do Ministério da Saúde. O dado foi divulgado durante a Conferência Regional de Saúde das Mulheres, realizada nesta quinta-feira (18), no Hospital Regional da Asa Norte, com o objetivo de elaborar propostas para fortalecer as políticas públicas para o público feminino da região, bem como para o Distrito Federal e nacionalmente.

“Nós precisamos conhecer a saúde das mulheres. A atenção primária para prevenção é extremamente importante, bem como oferecer o diagnóstico em tempo oportuno. São 158.178 mulheres na Região de Saúde Centro Norte. A principal causa de óbito foi neoplasia (câncer)”, destacou a superintendente de saúde, Ana Patrícia, ao citar que foram 23 casos de mama, 15 de traqueia, brônquios e pulmões e 13 de pâncreas.

Ginecologista há 17 anos, Camila Lueneberg, que atua no Programa de Atendimento às Vítimas de Violência, defende que a mulher tem papel protagonista na sociedade. “A mulher ocupa funções importantes na vida familiar. Hoje, sabemos que a violência ainda está presente na vida das mulheres e que elas ainda têm dificuldade de romper esse ciclo”, frisou a médica.

A chefe da Assessoria de Gestão Participativa e Relações Institucionais da Secretaria de Saúde , Danielle Cavalcante, lembrou que o Distrito Federal está empenhado em fazer esse debate. “Em muitos estados estão ocorrendo plenárias sobre essa temática, mas o DF fez um esforço para fazer as conferências. É importante olhar para a saúde das mulheres como um todo, no seu processo de vida. Precisamos saber quais são seus anseios e como está o acesso delas aos serviços de saúde”, disse.

Danielle ressaltou, ainda, que é extremamente importante a participação mínima de 60% das mulheres nas conferências para dar o direcionamento das reais necessidades do público feminino.

“Sabemos que precisamos lutar e somos capazes de fazer avançar quando a sociedade se mobiliza. Temos mulheres idosas, negras, jovens, vulneráveis, moradoras da área rural, e com várias outras características. Precisamos pensar políticas para todos esses segmentos”, complementou a secretária adjunta de Políticas para as Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Raissa Rossiter.

CONFERÊNCIAS – O evento é o segundo de uma série de sete encontros que serão realizados em todas as regiões de saúde do DF para eleger propostas a serem apresentadas na Conferência Distrital de Saúde das Mulheres. A etapa distrital ocorrerá nos dias 30 de junho e 1º de julho e, posteriormente, no evento nacional.

As conferências são convocadas pelo Ministério da Saúde e Conselho Nacional de Saúde. No Brasil, apenas uma conferência com essa temática foi realizada há mais de 30 anos. Cada uma das sete regiões de saúde vai elaborar 12 propostas com políticas para o DF ou de aplicação nacional que serão apresentadas na Conferência Distrital de Saúde das Mulheres.

Nos encontros, que precisam ter público mínimo de 60% de mulheres, serão eleitas delegadas, sendo 50% delas usuárias, 25% gestoras e 25% trabalhadoras.

No total, são 192 delegadas eleitas nas regiões e outras 28 membros natos do Conselho de Saúde do DF, totalizando 220 delegadas. O quantitativo de representantes depende do número de habitantes de cada região. “Das 220 delegadas, 36 serão eleitas para participarem da Conferência Nacional”, complementou Úrsula.

A próxima conferência regional será realizada na Região de Saúde Centro Sul, amanhã (19), das 8h às 18h, na Paróquia Nossa Senhora da Medalha Milagrosa, localizada na QN 11, Conjunto 3, Lotes 1 a 6, Riacho Fundo II.

Confira as fotos aqui.

Cartaz da Conferência de Saúde da Mulher do DF
Arte para Whatsapp da Conferência de Saúde da Mulher do DF
Arte para Whatsapp – Região Sul
Arte para Whatsapp – Região Centro Sul
Arte para Whatsapp – Região Leste
Arte para Whatsapp – Região Oeste
Arte para Whatsapp – Região Norte