Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
18/06/14 às 20h51 - Atualizado em 30/10/18 às 15h11

Sábado é Dia Nacional de Prevenção à Asma

COMPARTILHAR

Em 2013 foram atendidos 20.496 casos

No próximo sábado (21) é comemorado o Dia Nacional de Prevenção à Asma. A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES/DF possui o Programa de Atendimento ao Paciente Asmático (PAPA/DF). Estima-se que 20% da população mundial seja portadora de Asma, que é a doença crônica de maior prevalência na infância após a desnutrição. Em 2013 foram atendidos 20.496 pacientes nas unidades de Alergia e Imunologia da rede.

O PAPA/DF visa oferece atendimento ambulatorial contínuo ao paciente asmático, bem como introduzir no sistema público de saúde os avanços na terapêutica da asma, inclusive com fornecimento de anticorpos monoclonais para aqueles que têm asma grave ou de difícil controle, entre outros objetivos.

Atualmente, existem 30 Centros de Referência do Programa de Asma distribuídos em todo o DF. “Nossos objetivos são informatizar o atendimento e os dados estatísticos, adquirir espirômetros (aparelho usado para medição da função pulmonar) para todos os Centros de Referência, capacitar os profissionais da Secretaria de Saúde, participar em eventos para divulgação do Programa de Asma, entre outros”, acrescenta a Coordenadora do Programa de Asma da SES/DF, Vanessa Guimarães.

Precauções

Para prevenção, a especialista orienta a procurar um atendimento médico em casos de tosse há mais de 10 dias em uso de medicação de asma, sem melhora. Pacientes com doenças cardiovasculares e que já tenham diagnóstico de asma, também devem fazer o acompanhamento médico.

Em casos de cansaço ou falta de ar, deve-se procurar imediatamente a emergência. Se já teve crises graves ou internação no último ano por asma, internação em UTI; se foi paciente com consultas repetidas (mais de 3 vezes) no pronto socorro pelas crises; recebeu tratamento inadequado ou insuficiente da asma; utilizou mais de 2 frascos de Salbutamol spray por mês, deve procurar um atendimento com especialista.

O que é?

A asma é uma doença inflamatória crônica das vias aéreas inferiores ocasionando tosse, falta de ar, chiado e aperto no peito de forma recorrente. Pode ser desencadeada por poeira, poluição, infecções e outros fatores.

Sintomas

Os principais sintomas da asma são tosse recorrente; falta de ar (dispneia); chiado (sibilos); aperto no peito e dor torácica. Os fatores desencadeantes são aeroalérgenos que incluem a poeira domiciliar, pêlo e secreção de animais, barata, fungos, pólen.

Os fatores irritantes são: fumaça de cigarro, odores fortes, poluentes do ar (ozônio, óxido nitroso, óxido sulfúrico), produtos químicos ocupacionais (gases, vapores); medicamentos como: AAS (ácido acetil salicílico), anti-inflamatórios, inibidores da enzima conversora de angiotensina, contraste.

Há também os fatores endócrinos desencadeantes que são os problemas na tireóide, como o hipertireoidismo, gravidez e menstruação, em alguns casos. Além de implicações emocionais; extremos de temperatura; infecções nas vias aéreas.

Comorbidades (associação de mais de uma patologia)

– Rinite Alérgica: 70 a 80% dos pacientes com asma tem rinite alérgica. Sintomas: Coceira no nariz, espirros, coriza, obstrução nasal (entupimento).
– Infecções vias aéreas virais e bacterianas.
– Doença do Refluxo Gastroesofágico.
– Cardiopatias
– Doenças Psiquiátricas

Eventos

Para o combate à doença, a SES/DF intensifica e participa de várias ações como: Comemoração Anual do Dia Mundial da Asma; Semana de Combate à Asma e promoção da Caminhada do Paciente Asmático; fortalecimento do acompanhamento dos pacientes na Atenção Primária (Centros de Saúde, Unidades Mistas e Programa da Família Saudável) e abrangência multidisciplinar (nutricionista, fisioterapeuta, educador físico, enfermeiro, farmacêutico, fonoaudiólogo, psicólogo, odontólogo e outros).

Serviço

Os Centros de Referências estão localizados no Hospital de Base; hospitais regionais da Asa Sul (HMIB), da Asa Norte (HRAN); do Gama (HRG), de Taguatinga (HRT), de Ceilândia (HRC), de Sobradinho (HRS), do Guará (HRGu), de Planaltina (HRP), de Brazlândia (HRBz) e Hospital Universitário de Brasília (HUB).

O atendimento também é oferecido no Núcleo de Assistência à Saúde da Família de Brazlândia; e nas Unidades Mistas de Taguatinga e de São Sebastião. Nos Centros de Saúde do Lago Sul; nº 2 de Taguatinga, nº 2 do Núcleo Bandeirante, nº 1 do Paranoá, nº 1 do Recanto das Emas e nº 2 de Santa Maria. Atualmente, existem 70 médicos especialistas em Alergia ou Pneumologia atuantes no Programa.

Em caso de crises asmáticas, o correto é administrar corticoesteroide oral (Prednisolona solução ou Prednisona comprimido – disponível nos centros de saúde e hospitais), associado à inalação de salbutamol spray oral ou nebulização com salbutamol (solução para inalação).
A prática de exercícios físicos também deve ser suspensa em casos de crise.

Alessandra Franco, da Agência Saúde DF

Leia também...