Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
17/10/12 às 18h11 - Atualizado em 30/10/18 às 14h57

Sábado tem ação em Saúde para Catadores de Materiais Recicláveis

COMPARTILHAR


O Centro Estadual de Referência em Saúde do Trabalhador da SES/DF (CEREST) e a Coordenação do Projeto Pró-Catador DF (CGSAT/MS) promovem dia 20, uma ação em saúde para 180 catadores de materiais recicláveis. O evento será realizado no Centro de Ensino Fundamental 14, localizado na EQNP 28/32 Área Especial P. Sul/ Ceilândia.

Durante a ação será feita avaliação da pele, da audição e da saúde bucal, vacinação, aferição de pressão arterial e da glicemia em jejum. Os catadores serão orientados sobre prevenção do uso de álcool e outras drogas e a inclusão da família em Programas Sociais. Técnicos do INSS informarão sobre a Previdência Social, enquanto representantes da Secretaria de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda – SEDEST – vão tirar dúvidas sobre o cadastro único.

Segundo a coordenadora do Núcleo de Populações Vulneráveis, Dione Sauerbronn, o objetivo da ação é levantar dados sobre saúde e segurança do trabalho, estratégia importante para avaliar a situação de saúde dos catadores. “Os dados permitirão a análise dos fatores de riscos ocupacionais e do ambiente que facilitarão a identificação dos agravos decorrentes dos processos de trabalho”, explica a coordenadora.

A ação visa estabelecer estratégia de trabalho nos diversos níveis de atenção do sistema de saúde do DF, priorizando as atividades de Atenção Primária integradas às atividades de Assistência em Saúde. A meta é prevenir os riscos ocupacionais e ambientais pelas atividades de prevenção e de controle dos agravos envolvendo setores públicos e privados.

A Ação em Saúde está sob a coordenação da CGSAT/MS e do Núcleo do Trabalhador de Populações Vulneráveis do CEREST /SES / DF. Conta ainda, com a parceria da Atenção Primária, da SEDEST (CREAS e CRAS/ Ceilândia), Cooperativas (APICORC), da Vila Olímpica/ Secretaria de Esporte.

O Projeto Pró-Catador DF é uma iniciativa discutida no âmbito federal pelo Comitê Interministerial de Inclusão Social do Catador (CIISC). No DF é elaborado com o apoio dos profissionais Francisco Norberto M. da Silva e Carmen Silveira, da Coordenação Geral de Saúde do Trabalhador/MS e do CEREST/SES/DF, especificamente pelo Núcleo do Trabalhador de Populações Vulneráveis (NTPV) sob a coordenação das profissionais Dione Cavalcanti Monteiro Sauerbronn e Rejane Felicidade Soares.

Patrícia Kavamoto