Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/02/16 às 16h20 - Atualizado em 30/10/18 às 15h14

Samu capacita bombeiros em emergências psiquiátricas

COMPARTILHAR

Curso abordou temas de intervenção em crise, comunicação terapêutica e contenção física

BRASÍLIA (19/2/16) – A equipe especializada em saúde mental e atenção psicossocial do Samu capacitou, nesta quinta-feira (18), os instrutores do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) em emergências psiquiátricas.

O curso, ministrado pelo psiquiatra Rafael Vinhal e pela psicologia Lucciana Souza, ambos do Samu, abordou os temas de intervenção em crise, comunicação terapêutica e contenção física para pacientes em situação de surto psicótico, agitação e agressividade.

Durante o curso, os militares do CBMDF demonstraram grande interesse na humanização do atendimento aos pacientes psiquiátricos, bem como no fortalecimento, junto ao Samu, de equipes capacitadas e especializadas em intervenção em crise, comunicação terapêutica e contenção física.

FUNCIONAMENTO – O Samu 192 do Distrito Federal é o primeiro do país a contar com uma equipe multidisciplinar especializada em intervenção em crise, saúde mental e atenção psicossocial. Em atividade desde 2012, conta com o apoio especializado de psicólogos, assistentes sociais, auxiliar em serviço social e psiquiatras.

De todos os atendimentos realizados pelo Samu no DF, aproximadamente 3,5% são emergências psiquiátricas, como surtos psicóticos, comportamento suicida e crises de ansiedade. Na esfera da saúde mental, a equipe especializada faz a prevenção ao suicídio. São, em média, cinco casos de tentativas de suicídio por dia.

Caso sejam consideradas todas as urgências psicossociais, as estimativas aumentam para 12,5% dos atendimentos, como intoxicação e abstinência por álcool e drogas e violência física e sexual.

A equipe, além de prestar atendimento por telessaúde e in loco a tempo e a hora, realiza também de uma a quatro intervenções posteriores, por tele-atendimento, de forma a vincular o paciente na Rede de Atenção Psicossocial.

Já no âmbito da psicotraumatologia, a equipe realiza os primeiros socorros psicológicos e psicossociais e a prevenção do estresse pós-traumático em situações de violência, acidentes, desastres e catástrofes.

Atualmente, o Samu conta com o apoio especializado de segunda à sexta-feira, de 7h às 19h para atendimento da população em geral e dos próprios servidores. E pretende, no futuro, funcionar em período de atendimento ininterrupto.