Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
17/01/14 às 18h00 - Atualizado em 30/10/18 às 15h10

Saúde bucal recebeu R$ 3,5 milhões em investimentos em 2013

COMPARTILHAR

Rede pública registrou 249 mil atendimentos odontológicos no ano passado

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES/DF) investiu no ano passado R$ 3,5 milhões no setor de Odontologia. Os recursos foram aplicados na compra de equipamentos e na contratação de profissionais, o que proporcionou aumento significativo no número de atendimentos.

Em 2013, a rede pública registrou 249 mil atendimentos odontológicos. De abril a novembro, durante o mutirão de Odontologia, foram prestados 20.440 atendimentos e realizados 75.481 procedimentos clínicos (restauração, periodontia básica, extração dentária simples e os especializados como canal, extração de siso e exames radiológicos).

A SES também investiu em equipamentos como consultórios e periféricos, instrumentais e material de consumo odontológico, além da contratação de 182 cirurgiões-dentistas e 194 técnicos em Saúde Bucal, o que possibilitou a ampliação de equipes odontológicas na Estratégia de Saúde da Família (EFS), de 21 para 89. Desde 2011, mais de R$ 11 milhões foram investidos na área.

Atualmente, 501 cirurgiões-dentistas trabalham na assistência e 301 técnicos em Saúde Bucal. São 284 Equipes de Saúde na Atenção Primária nos centros de saúde e clinicas da família que dispõem do serviço odontológico básico.

Segundo o Gerente de Odontologia da SES/DF, Sérgio Timóteo, com a ampliação das equipes de saúde bucal na Estratégia de Saúde da Família, o número de Centros Especializados de Odontologia (CEOs) dobrou cinco para 10. “Agora temos novas equipes e o serviço de cirurgias e traumatologia bucomaxilofacial do Hospital de Base do DF ganhou mais especialistas”, relata.

O serviço da Prótese Dentária agora possui dois laboratórios, um em Ceilândia e outro na Asa Sul. “Pela primeira vez, o DF tem um laboratório de prótese dentária credenciado pelo Ministério da Saúde (MS) e uma empresa especializada para prestar serviço de manutenção preventiva e corretiva nos equipamentos odontológicos da SES-DF. Ainda há muito que se fazer, mas a saúde bucal no DF nunca evoluiu tanto em tão pouco tempo”, informa Timóteo.

A SES também adquiriu 320 mil kits de higiene bucal (escova, creme e fio dental) para serem distribuídos à população por meio das unidades de saúde.

Reajuste Salarial
Os investimentos na Odontologia da SES/DF também envolvem o reajuste da tabela de vencimentos dos dentistas, aprovado em setembro de 2013, em primeiro turno, na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF). Até 2015, a carreira terá um aumento médio de 69%.

Emergência 24 horas

No ano passado 13 mil pacientes foram atendidos nas emergências odontológicas dos Hospitais Regionais da Asa Norte (HRAN) e do Gama (HRG), que funcionam 24 horas.

No HRAN, o pronto-socorro odontológico conta com 17 dentistas e técnicos em higiene dental (THD). No HRG são 18 profissionais na emergência odontológica, que atende pacientes com dor aguda (pulpite), traumas dentais, infecções agudas com pus (abscessos) e hemorragias. Já os casos mais graves, como os de traumas da face, são encaminhados para o Hospital de Base do Distrito Federal, que também funciona 24 horas.

A chefe da Unidade de Odontologia do HRAN, a odontopediatra Themis Lima Diaz, ressalta que o serviço atende apenas casos de urgência, quando o paciente apresenta dor aguda e que não há como aguardar o agendamento de consulta.“Se ele precisar de um tratamento odontológico ambulatorial, deve procurar o centro de saúde mais próximo de sua residência. Dependendo do caso, o centro de saúde encaminha o paciente para o CEO”, explica.

As Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) e a maioria dos hospitais Regionais do DF também oferecem serviço de urgência em Odontologia, de segunda a sexta-feira, de 7h às 19h.

Leia também...