Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/05/20 às 17h18 - Atualizado em 21/05/20 às 21h52

Saúde e Turismo assinam contrato do Programa Acolher

COMPARTILHAR

Servidores do Hran irão se hospedar a partir desta sexta-feira nos hotéis Gran Bittar e América Bittar

 

JURANA LOPES, DA AGÊNCIA SAÚDE

 

                             Fotos: Geovana Albuquerque/Agência Saúde

Nesta quinta-feira (21), ocorreu o lançamento e assinatura de contrato do Programa Acolher, uma ação conjunta entre a Secretaria de Saúde e a Secretaria de Turismo, que oferecerá hospedagem aos servidores da saúde que trabalham no Hospital Regional da Asa Norte (Hran), referência no tratamento da Covid-19.

 

A partir desta sexta (22), os 250 servidores do Hran poderão se hospedar nos hotéis Grand Bittar e América Bittar. Os profissionais da saúde ficarão em apartamentos individuais (single) e terão direito a café da manhã, almoço e jantar.

 

O secretário adjunto de Assistência da Secretaria de Saúde, Ricardo Tavares, lembra que “o maior receio dos profissionais de saúde não é nem ser acometido pela Covid-19, mas levar a doença para dentro de casa. Essa ação vai dar mais conforto e segurança para servidores, porque protege eles e suas famílias, além de proporcionar maior saúde mental para trabalhar”.

 

Os servidores, que terão direito às hospedagens, são aqueles envolvidos no atendimento presencial dos pacientes suspeitos ou diagnosticados com a Covid-19 que residem com pessoas do grupo de risco e precisam ser afastados de suas residências temporariamente.

“Essa pandemia fez a população ter um olhar diferenciado em relação aos trabalhadores da área da saúde. Por isso, quero agradecer essa parceria com a Secretaria de Turismo”, afirmou Ricardo Tavares.

 

De acordo com a secretária de Turismo, Vanessa Mendonça, a parceria com a Secretaria de Saúde é algo inédito no Brasil e só tem a acrescentar, pois vai proporcionar melhor qualidade de vida aos profissionais que se arriscam lidando diretamente com pacientes com coronavírus.

 

“Este é um momento delicado, precisamos cuidar uns dos outros. Então, carinho e atenção nos detalhes faz toda a diferença para servidores. Queremos acolher esses profissionais, para que todos possam descansar e retornar ao trabalho revigorados”, afirmou Vanessa.

 

CONTRATAÇÃO – A contratação direta do hotel foi realizada por meio de Dispensa de Licitação, fundamentada na Lei nº 13.979/2020 e suas alterações, e o resultado da seleção foi publicado na segunda-feira (18), na edição extra B do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF). A holding Phenicia, empresa vencedora do certame, teve a documentação analisada pela equipe da Pasta e atendeu a todos critérios estabelecidos no Projeto Básico. Ela engloba os hotéis Grand Bittar e América Bittar.

 

O sócio administrador da rede Bittar, Ricardo Bittar, garantiu que os hotéis proporcionarão um serviço de extrema qualidade para os profissionais da saúde e que o objetivo é que eles se sintam em casa.

 

“Os profissionais da saúde são os grandes heróis neste momento de pandemia mundial, arriscando suas vidas por todos nós. Por isso, queremos que eles vejam nossos hotéis como um lar e nos esforçaremos para isso”, destacou.

A seleção dos trabalhadores foi feita por meio de uma plataforma administrada pela Secretaria de Saúde e contemplará, na primeira etapa, os profissionais lotados no Hran, podendo ser ampliada posteriormente.

 

LIMPEZA – Os cuidados com a limpeza serão constantes e o hotel irá adotar um protocolo para receber os hóspedes. Além de desinfetar todas as superfícies de contato frequentemente, especialmente maçanetas, corrimões, balcões, botões de elevadores, os quartos receberão um cuidado extra. Eles deverão ser higienizados utilizando as etapas de limpeza e desinfecção.

 

A varredura e a espanação seca são contraindicadas em qualquer área, pois espalham poeira e micro-organismos no ambiente. Deve-se utilizar a varredura molhada, com panos e esfregões. Quanto à desinfecção, serão utilizados os mesmos produtos químicos usados para a desinfecção hospitalar.