Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/01/13 às 19h35 - Atualizado em 30/10/18 às 14h57

Secretaria lança ações de saúde para as Copas

COMPARTILHAR

Funcionários do Aeroporto serão vacinados neste domingo (27)

Garantir saúde para as pessoas que vão trabalhar durante as Copas das Confederações e do Mundo e dar tranquilidade ao turista. Esses são os objetivos do programa Saúde Para Todos COPA, lançado nessa sexta-feira (25), no auditório da Secretaria de Saúde do Distrito Federal. O programa é composto por uma série de ações que envolvem vacinação, certificação de estabelecimentos comerciais e divulgação de panfletos informativos sobre as unidades de Saúde do DF.

Com base nessas ações, a Secretaria de Saúde pretende garantir medidas de prevenção, controle e promoção da saúde a todos. “A nossa meta é proteger a população brasileira por meio de vacinação e orientações, e também prestar toda a assistência necessária aos turistas que visitarem nossa cidade durante os eventos esportivos, fazendo com que eles sintam-se em casa”, afirma a subsecretária de Vigilância à Saúde, Marília Cunha.

Vacinação no Aeroporto – Diante do compromisso assumido pela Secretaria de Saúde de proteger todos os envolvidos na realização dos eventos esportivos, os primeiros contemplados serão os trabalhadores do Aeroporto Internacional de Brasília. No próximo domingo (27), das 08h às 18h, na Sala do Centro de Orientação ao Viajante da ANVISA (Corredor de Órgãos Públicos/Desembarque), haverá vacinação contra o Sarampo e Rubéola. A meta é imunizar todos aqueles que ainda não foram vacinados. Na ocasião, também serão disponibilizadas vacinas contra a Febre Amarela.

O objetivo é proteger todos os trabalhadores que atuarão na linha de frente no atendimento aos turistas. Taxistas de todo o DF e funcionários da Feira dos Importados serão os próximos contemplados. Além disso, a imunização será estendida também aos trabalhadores portos e rodoviária; rede hoteleira; bares e restaurantes; segurança pública; imprensa; profissionais de saúde pública e particular; e voluntários de todos os segmentos.

Atualmente essas vacinas são ofertadas na Rede Pública de Saúde e grande parte da população brasileira já foi vacinada. No Brasil estas doenças estão sob controle, mas ainda existem muitos países onde ela não está controlada. Pessoas não vacinadas, que, ao entrar em contato com pessoas de países onde existe circulação do vírus, expõem-se ao risco de contrair essas doenças. Dessa forma, contribuem para a sua reintrodução no país. Por isso a importância de se imunizar todos. É indispensável que todos levem o cartão de Vacina.

Certificado de qualidade – Durante o lançamento do programa Saúde Para Todos COPA, também foi apresentado o selo de certificação dos estabelecimentos comerciais. A Subsecretaria de Vigilância à Saúde (SVS), por meio das Diretorias de Vigilância Ambiental (Dival) Epidemiológica (Divep) e Sanitária (Divisa), vem realizando vistorias em hotéis, farmácias, bares e restaurantes. O intuito das visitas é atestar a qualidade dos serviços oferecidos aos turistas. Aqueles que estiverem atuando de forma correta receberão o selo de certificação da Secretaria de Saúde do DF, de acordo com a sua área de atuação: hotelaria, alimentação e medicamento. O selo servirá como referência aos turistas e será colado também em inglês.

Orientações – Uma das preocupações da Secretaria de Saúde é que os turistas saibam para onde se dirigir caso precisem dos serviços de saúde. Para isso, foi preparada uma cartilha com o endereço de todas as Unidades de Saúde do DF e suas especialidades. O material será distribuído em três idiomas (português, inglês e espanhol) e visa orientar da melhor forma os visitantes de acordo com a sua necessidade.

Hugo Mendes