Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/04/20 às 13h35 - Atualizado em 28/04/20 às 15h10

Secretaria de Saúde paga R$ 5,7 milhões em TPD nesta terça-feira (28)

COMPARTILHAR

Ao todo, 4.365 servidores serão beneficiados

 

A Secretaria de Saúde pagará, na noite desta terça-feira (28), um total de R$ R$ 5.787.177,81 para 4.365 servidores da pasta, referente ao Trabalho por Período Determinado (TPD) realizado por eles em fevereiro deste ano. Assim como nos demais meses, o pagamento é feito dentro do prazo previsto em legislação, que é de até 60 dias após as horas trabalhadas.

 

“Nossos servidores atuam como verdadeiros heróis na saúde. Na guerra para vencer a pandemia, são eles que estão na linha de frente do combate. Nada mais justo que cumprirmos com os pagamentos em dia, em consonância com a política de respeito aos servidores, como determinado pelo governador Ibaneis Rocha”, afirmou o secretário de Saúde, Francisco Araújo.

 

O gestor lembrou ainda dos esforços da pasta nos últimos meses para garantir a segurança dos profissionais de saúde, investindo em mais equipamentos e insumos para abastecer a rede pública de saúde durante a pandemia.

 

“Tem sido uma prioridade manter nossa equipe e a população seguras. Abrimos licitações emergenciais para testes da Covid-19, medicamentos, respiradores, EPIs. E continuaremos a assegurar o pagamento de forma regular, como é de direito aos servidores”, garantiu Francisco Araújo.

 

Nesse esforço de equipe, a subsecretária de Gestão de Pessoas da Secretaria de Saúde, Silene Almeida, ressaltou o trabalho do Fundo de Saúde do Distrito Federal (FSDF) junto à Secretaria de Economia para manter os pagamentos em dia. “Seguimos cumprindo a determinação do governador em envidar todos os esforços para assegurar os pagamentos dos TPD’s dentro dos prazos legais. Isso é respeito e valorização”, comentou.

 

TPD – É um instrumento utilizado pela Secretaria de Saúde para suprir eventuais déficits e garantir a assistência ao cidadão.

 

No início do governo, havia atraso no depósito dos valores de horas extras realizadas até junho de 2018 e, após essa data, transformadas em TPD. A atual gestão conseguiu regularizar os pagamentos e tem depositado em dia os recursos referentes a este ano.

 

REFORÇO – A Subsecretaria de Gestão de Pessoas (Sugep) também tem atuado no sentido de recompor a força de trabalho.

 

Com a chegada de servidores que optaram por não ficar cedidos ao Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF), aliada à ampliação de carga horária de centenas de servidores, de 20 horas para 40 horas semanais de trabalho, a expectativa é que o investimento com TPD reduza gradativamente.

 

Além dessas ações, o governo tem realizado convocações rotineiras de concursados. Só em 2020 já foram nomeados mais de 800 novos servidores para reforçar as equipes.

 

Leandro Cipriano, da Agência Saúde