Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/01/21 às 18h29 - Atualizado em 21/01/21 às 15h49

Secretaria de Saúde recebe doação de luvas da embaixada do Japão

COMPARTILHAR

Após a entrega, as luvas serão encaminhadas aos hospitais da rede de saúde do DF

 

GUILHERME PEREIRA,
DA AGÊNCIA SAÚDE-DF

 

A Secretaria de Saúde recebeu, na tarde desta terça-feira (20), uma doação de 4 mil pares de luvas hospitalares que serão destinadas aos hospitais da rede de saúde do Distrito Federal. A doação é proveniente da embaixada do Japão e foi intermediada pela senadora do DF, Leila Barros (PSB-DF).

 

Osnei Okumoto, o embaixador do Japão no Brasil, Akira Yamada e a senadora Leila Barros – Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde DF

Em uma breve cerimônia para oficializar o recebimento da doação, o secretário de Saúde, Osnei Okumoto, reconheceu a sensibilidade da parlamentar e também do diplomata ao delicado momento para a aquisição de insumos hospitalares durante a pandemia. “A embaixada do Japão foi extremamente solidária em fazer essa doação de luvas aqui para o Distrito Federal. As luvas servem para proteger os médicos da linha de frente, assim como para proteger os pacientes que serão atendidos por eles”, afirma Osnei.

 

O embaixador do Japão no Brasil, Akira Yamada, declarou seus votos de sucesso à atuação do secretário à frente da pasta neste momento. “Queremos ver a cidade bem. Nós moramos em Brasília, temos muito carinho por Brasília e eu espero sucesso”, declarou.

 

As luvas serão distribuídas e direcionadas para os hospitais da rede de Saúde, principalmente os que são unidades de referência no tratamento contra a Covid-19. A senadora Leila Barros explicou que, após encaminhar vários ofícios às embaixadas, foi surpreendida com a resposta positiva da Embaixada do Japão.

 

“É uma embaixada com que eu tenho muito contato, até por minha relação esportiva com o país, foram muito solícitos. Mais do que a doação, é a simbologia do gesto, da gentileza e da solidariedade que o embaixador está tendo com a população de Brasília”, afirmou a parlamentar.