Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/12/16 às 20h26 - Atualizado em 30/10/18 às 15h16

Secretaria debate Sistema Eletrônico de Informações

COMPARTILHAR

Novo modelo será adotado obrigatoriamente a partir de fevereiro de 2017

BRASÍLIA (15/12/16) – Com a publicação do Decreto 36.756/2015, pelo Governo do Distrito Federal, que estabelece o Sistema Eletrônico de Informações (SEI) como sistema oficial dos órgãos distritais, a Secretaria de Saúde realizou, nesta quinta-feira (15), um encontro com todos os gestores da pasta para que tomem conhecimento da implementação do programa na rede.

A partir de 13 de fevereiro de 2017, o SEI será implementado como sistema oficial de gestão de documentos e processos eletrônicos. Inicialmente, a instalação se dará nos setores da pasta que participam do processo de execução financeira e, em seguida, nas áreas que atuam com aquisição e contratações.

O evento contou com a participação do secretário de Saúde, Humberto Fonseca, que destacou a importância da adesão ao sistema como forma de garantir mais celeridade aos processos de trabalho, além de economia. “O SEI traz à Secretaria um novo modelo de pensar. Ele é ambientalmente correto e adequado à tecnologia de que dispomos. Nossa atuação se tornará eletrônica e fácil acesso, mas para isso é necessário que todos colaborem”, ressaltou.

Para que o sistema seja executado de forma efetiva, a Secretaria de Planejamento e Gestão (SEPLAG) do DF realizará três oficinas nos dias 23, 24 e 25 de janeiro de 2017 com o objetivo de capacitar multiplicadores na Secretaria de Saúde que, posteriormente, possam passar o conhecimento para outros servidores. Serão formadas três turmas, sendo que cada uma destas oficinas terá duração de 12 horas e com aulas de quatro horas por turno.

A coordenadora de Implantação de Projetos da SEPLAG, Riane Torres, explica que as aulas acontecerão na Escola de Governo do Distrito Federal. “Nosso intuito é formar 40 servidores. Já temos a plataforma de ensino pronta para a capacitação e além de preparar os futuros instrutores, ela servirá para sabermos quais ajustes devem ser feitos para que o sistema se adeque às necessidades de demanda da pasta”, completa.

SEI – O programa foi desenvolvido pelo Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região e foi instalado primeiramente no Corpo de Bombeiros do DF (CBMDF) e no Arquivo Público. Em 2015, o governo estabeleceu que o SEI seria o sistema oficial.

Atualmente, 15 órgãos distritais já usam este sistema, mas a meta estabelecida é de que até 2019 todas as instituições do Governo de Brasília já tenham aderido.

A implementação do SEI em outros órgãos governamentais resultou no aumento da produtividade e redução de gastos, como, também, o abandono do uso do papel.