Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/04/21 às 13h24 - Atualizado em 19/04/21 às 16h32

Secretário de Saúde recebe vacina contra a gripe e destaca a importância da imunização

COMPARTILHAR

Osnei Okumoto aproveitou a oportunidade para ressaltar a importância de se manter a caderneta de vacina atualizada

 

JURANA LOPES, DA AGÊNCIA SAÚDE-DF

 

Nesta segunda-feira (19), o secretário de Saúde, Osnei Okumoto, foi até a Unidade Básica de Saúde 1 da Asa Norte (905 Norte) para tomar a vacina da Influenza. A 23ª Campanha de Vacinação contra a Gripe começou no último dia 12 de abril. O primeiro público-alvo a ser contemplado são crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade, gestantes, puérperas, povos indígenas e trabalhadores da saúde.

 

Osnei Okumoto foi até a UBS 1 da Asa Norte e recebeu a vacina – Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde-DF

De acordo com Okumoto, é essencial procurar uma das cem UBSs que estão aplicando as doses de vacina contra a Influenza e se imunizar o quanto antes. “Vim receber hoje a vacina da Influenza. Todos precisam saber que essa vacina é importante e que ela tem uma repercussão mundial”, destaca.

 

Segundo o secretário, anualmente é feita a detecção dos vírus da gripe que circulam no inverno do Hemisfério Norte. As informações são repassadas ao Hemisfério Sul quanto à possibilidade de esse vírus estar circulando por aqui.

 

“Então, o Brasil nesse momento já tem essa vacina atualizada e é fundamental que a gente possa se imunizar contra esses vírus”, explica. Okumoto reitera que ao ir tomar a vacina contra a gripe, a população pode aproveitar para fazer a atualização das suas cadernetas de vacina, pois é importante estar com todas as vacinas em dia.

 

A vacina garante proteção contra os vírus Influenza A H1N1 e H3N2, e Influenza B. A Influenza é uma infecção respiratória aguda, causada pelos vírus A, B, C e D. O vírus A está associado a epidemias e pandemias, tem comportamento sazonal e apresenta aumento no número de casos entre as estações climáticas mais frias.

 

Confira aqui as UBSs que oferecem a vacina.

 

Vacina contra influenza está disponível em 100 UBSs do DF – Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde-DF

O Ministério da Saúde mantém a vigilância da influenza no Brasil por meio da vigilância sentinela de Síndrome Gripal (SG) e de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em pacientes hospitalizados.

 

A gerente da UBS 1 da Asa Norte, Flávia Lemes, montou uma estrutura fora da unidade para atender exclusivamente a vacinação contra a gripe. Segundo ela, o objetivo é dar maior fluidez na fila, evitar aglomerações e impacto no fluxo interno da UBS.

 

“Essa estrutura possibilita maior rapidez durante a aplicação das doses. Como o primeiro grupo é o de crianças, estamos achando bom porque aproveitamos para atualizar a caderneta de vacina, pois muitas mães estavam evitando sair de casa com medo da pandemia e acabaram atrasando a vacinação”, afirma.

 

A gerente destaca que somente na primeira semana de vacinação, foram aplicadas 1.623 doses da vacina contra a Influenza na unidade e que a procura tem aumentado gradativamente. Quando chegar a vez dos idosos, ela vai aumentar a estrutura para atendimento.

 

Balanço no DF

 

A 23ª Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza começou no Distrito Federal na última segunda-feira (12) e, na primeira semana, 18.378 pessoas que fazem parte do primeiro grupo prioritário foram vacinadas. Neste ano, a vacinação foi dividida por etapas e ocorre em 100 unidades básicas de saúde. A maior parte será em pontos em que não há aplicação da vacina contra a Covid-19.

 

O primeiro grupo é estimado em 391.783 integrantes, sendo composto por crianças a partir de seis meses de vida até seis anos (5 anos, onze meses e 29 dias); gestantes, puérperas; povos indígenas e trabalhadores de saúde. A meta é vacinar 90% do público-alvo. Até o momento, o grupo das puérperas é o que apresenta a maior cobertura vacinal, com 5,4% do da população-alvo vacinada. Este grupo é estimado em 5.230 pessoas, sendo que 230 já receberam a vacina.