Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/08/13 às 16h31 - Atualizado em 30/10/18 às 15h06

Servidores da SES iniciam cursos de especialização

COMPARTILHAR

Preparação de gestores e profissionais para atuar no sistema público de saúde

Com a participação de 276 gestores e profissionais de várias categorias da SES, de Goiás e do Ministério da Saúde começaram, na manhã desta quarta-feira (28), os cursos de especialização oferecidos por meio de parceria da Secretaria de Saúde do Distrito Federal, Ministério da Saúde e o Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio Libanês, de São Paulo.

Durante a aula inaugural no auditório do Bay Park, na Vila Planalto, o secretário-adjunto de Saúde, Elias Miziara, ressaltou a importância do curso na preparação de gestores e profissionais para atuar no sistema público de saúde local. “Precisamos adaptar e usar os conhecimentos adquiridos na capacitação na nossa realidade”, disse.

Os cursos são de Gestão da Clínica nas Regiões de Saúde, Especialização em Regulação em Saúde no SUS, Especialização em Educação na Saúde para Preceptores do SUS, Especialização em Gestão da Vigilância Sanitária e Gestão de Emergências em Saúde Pública.

O objetivo é capacitar gestores e profissionais de saúde que atuam nos hospitais públicos. Após a capacitação, eles deverão estar aptos a criar um núcleo de pesquisa de gestão em saúde, aprimorar a assistência e o cuidado em saúde e investir no desenvolvimento de tecnologias, assim como na racionalização de custos, na redução de danos e em outros processos como internações e complicações.

Com 360 horas de carga horária, os cursos são gratuitos. As aulas são oferecidas à distância, com um encontro presencial por semana e dois a cada 15 dias. Além de participar dos encontros semanais, os alunos devem ter disponibilidade para dedicar, no mínimo, quatro horas semanais para estudos e pesquisas e ter acesso a computadores e recursos de conectividade na Internet.

Os candidatos foram indicados pelos gestores das unidades de saúde da SES e a seleção dos inscritos foi feita pela equipe do Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio Libanês.

A agente comunitária de saúde, Jéssica Chaves, que trabalha na Regional de Saúde de Sobradinho, foi uma da selecionadas para o curso de Especialização em Regulação em Saúde no SUS. “Me inscrevi porque achei uma grande oportunidade de me aperfeiçoar num curso reconhecido nacionalmente”, afirma.

Esses cursos têm o objetivo de qualificar os profissionais da saúde no exercício diário da gestão e atendimento à demanda com vistas à melhoria da qualidade da atenção à saúde, segurança do paciente, da efetividade e da eficácia.

Para a subsecretária de Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde, Maria Natividade Gomes Santana, a realização desses cursos de especialização representa mais um avanço na política de melhoria para a qualificação dos serviços de saúde visando o fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS).

Os cursos são o  resultado de uma parceria entre o Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio Libanês e o Ministério da Saúde, orientada pelas portarias nºs 3.276 de 2007 e 936, de 2011, que regulamentam o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde – Proadi-SUS.

O programa visa a capacitação de profissionais do Sistema Único de Saúde – SUS e conta com o apoio do Conselho Nacional de Secretários da Saúde (Conass), Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Instituições de Ensino Superior do país e secretarias municipais da saúde dos estados.

Celi Gomes