Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
10/02/14 às 18h00 - Atualizado em 30/10/18 às 15h10

SES apoia Programa Fifa 11 pela Saúde

COMPARTILHAR

Direcionado a crianças de 11 e 12 anos da rede pública de ensino

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES/DF) participou nesta segunda-feira (10), no Centro Universitário de Brasília (UniCEUB) da abertura do Cascade Course, treinamento para o programa educativo FIFA 11 pela Saúde. Trata-se de uma iniciativa coordenada pela Federação Internacional de Futebol (FIFA), em parceria com os Ministérios do Esporte, da Educação e da Saúde, além da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e do GDF.

O curso será realizado no UniCEUB e direcionado a 88 professores da rede pública de ensino de Brasília, Belo Horizonte, Manaus e Cuiabá. “Durante cinco dias, esses profissionais serão qualificados para adotar o programa em suas respectivas escolas”, afirma o coordenador regional do Fifa 11 pela Saúde, Márcio Oliveira. Outras duas capitais como Natal e São Paulo também desenvolvem o treinamento.

O Programa Fifa 11 pela Saúde tem como objetivo encorajar a atividade física e promover hábitos saudáveis entre crianças de 11 e 12 anos da rede pública de ensino, a fim de prevenir ou minimizar fatores de risco de doenças. O projeto pretende ensinar conceitos básicos de saúde nas escolas públicas de 11 cidades-sede da Copa do Mundo de 2014. “Curitiba, que também é cidade-sede, desenvolveu o projeto piloto. Logo, os professores treinados no Paraná irão treinar educadores nas outras 11 cidades-sede”, explica o coordenador-geral do programa, Manoel Flores.

A nutricionista do Núcleo de Vigilância Epidemiológica de Doenças Não Transmissíveis (NUDENT), Débora Ronca, destaca que a atuação da SES/DF nesse programa é fundamental por envolver temas como alimentação saudável, higienização das mãos, vacinação e prevenção da violência. “Acompanharemos o conteúdo do Fifa 11 pela Saúde, faremos uma avaliação principalmente para verificar como conseguiremos aplicá-lo em todas as escolas inseridas no Programa Saúde na Escola (PSE)”, comenta.

Sobre o programa
O FIFA 11 pela Saúde se baseia em 11 mensagens desenvolvidas especificamente para criar uma comunicação direta com o público-alvo. Para se tornar mais atraente às novas gerações, diversos jogadores como Neymar, Messi, Cristiano Ronaldo e Marta adotaram uma das 11 mensagens ligadas à saúde.

Na escola onde for implantado haverá 11 sessões de 90 minutos cada uma com dois tempos distintos de 45 minutos, como numa partida de futebol, ao longo de 13 semanas. No primeiro tempo, chamado de “Jogue futebol”, serão ensinadas às crianças habilidades específicas do esporte. A segunda etapa, batizada de “Jogue limpo”, focará na educação sanitária e ajudará os estudantes a desenvolver comportamentos saudáveis.

Durante o evento de abertura, o subsecretário de Gestão Participativa da SES/DF, José Bonifácio destacou as mudanças que a Copa do Mundo proporciona ao país. “Essa é uma iniciativa de caráter privado e público. As consequências que um evento privado dessa magnitude traz para o público são perceptíveis e ficarão como legado”, afirma o subsecretário de Gestão Participativa da SES/DF, José Bonifácio.

Por Patrícia Kavamoto, da Agência Saúde DF
Atendimento à imprensa:
(61) 3348-2547/2539 e 9862-9226

Leia também...