Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/08/13 às 18h08 - Atualizado em 30/10/18 às 15h06

SES promove ação de saúde para pais servidores

COMPARTILHAR

No DF saúde do homem conta com atenção especial


Uma Ação Motivacional de Saúde, na sede da Secretaria, nesta sexta-feira (9), celebrou o dia dos pais, que se comemora no domingo (11). A ação foi promovida pela Gerência de Educação em Saúde (GES), Diretoria de Apoio às Unidades (DIAU) e a Assessoria de Comunicação Social (Ascom), da Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES/DF).

A gerente da GES/SES/DF, Claudia Gemaque Rebelo, relata que a ação tem como objetivo a integração, comunicação, valorização, conscientização do servidor para os programas de saúde quanto à promoção e prevenção. Os pais receberam blocos de anotações com telefones de serviços de utilidade pública e um folder com informações sobre a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem.

Durante a ação, os pais servidores receberam orientação nutricional, conferiram peso, circunferência abdominal, pressão arterial, colesterol e fizeram exame de Peakflow (que verifica a capacidade respiratória). Receberam, também, orientação e informações sobre o autocuidado.

O servidor do Núcleo de Controle e Despesa (NCD), Cláudio Cordeiro Sousa, de 54 anos, pai de dois filhos, diz ter gostado muito da iniciativa. Segundo ele, ações como estas deveriam acontecer com mais frequência. Cláudio é hipertenso e tem o hábito de ir ao médico para fazer exames de rotina, pois faz uso de medicamento.

Motorista da SES, Antônio Sérgio da Silva, 38 anos, pai de três filhos, disse que não tem o hábito de ir ao médico. Durante a ação, descobriu alteração no colesterol. “Essa é uma iniciativa excelente. Há mais de cinco anos não vou a um médico, mas agora vou procurar tratamento para meu colesterol”, diz Antônio.

Para o coordenador da Central da Hipertensão, Lucimir Henrique Maia, “o melhor presente que a SES pode dar no dia dos pais é oferecer uma ação de prevenção à saúde do homem. O resultado dessa ação norteará um sinal de alerta para o autocuidado”, defendeu o médico.

Saúde do homem
A Área Técnica de Saúde do Homem do Ministério da Saúde instituiu a Política Nacional de Atenção Integral a Saúde do Homem no ano de 2009. O objetivo foi facilitar o acesso, promover a saúde e prevenir os agravos das doenças da população masculina na faixa etária de 20 a 59 anos e, assim, reduzir doenças e morte dessa população.

A coordenadora do Núcleo da Saúde do Homem da Secretaria de Saúde, Laurez Ferreira Vilela, lembra que a paternidade é um momento de mudança na vida de um homem e que a presença dele se constitui um elemento importante em todas as fases da vida do filho.

Segundo a coordenadora, essa transição implica em novas responsabilidades e, consequentemente, novas dúvidas e questionamentos. Mas os desafios de socializar e educar os filhos podem se resumir a uma atitude: ser cuidador.

Neste sentido, engajar os homens no acompanhamento da criança possibilita a todos uma melhor qualidade de vida e vínculos afetivos saudáveis. “Quando o pai participa do período pré-natal, do parto e do puerpério ele se aproxima mais do filho e da companheira. Isso contribui para o fortalecimento dos laços afetivos”, disse Laurez.

Para ela, manter a saúde em dia é importante. Por isso, os homens devem realizar os exames de rotina e seguir o tratamento recomendado. “Vale enfatizar que são inúmeras as evidências da forte influência do pai sobre o desenvolvimento dos filhos. Assim, procurar assistência à saúde, ajudar nas tarefas domésticas, passar valores construtivos são legados importantes, principalmente para os filhos”.

“O ato de vivenciar momentos lúdicos como brincar, contar histórias para os filhos são lembranças que ficarão para o resto da vida e contribuirão para formar futuros pais amorosos”, disse Laurez Vilela.

O Ministério da Saúde revela que de cada cinco pessoas que morrem entre os 20 e 50 anos, quatro são homens. Eles vivem em média sete anos a menos do que as mulheres e têm maior incidência de doenças do coração, câncer, diabetes, obesidade, dislipidemia e pressão arterial mais elevada.

A principal causa de morte é a violência (homicídios, acidente de transporte terrestre e suicídio) e em segundo, as doenças do aparelho circulatório (AVC) e em terceiro os cânceres (brônquios, pulmão, estômago e fígado).

De acordo com dados estatísticos do IBGE de 2012, a população de homens na faixa etária dos 20 a 50 anos, é de 748.060 correspondendo a 28,27 do total da população do DF.

Atendimento
Atualmente, o atendimento à saúde do homem na atenção primária na SES é realizado no Centro de Saúde nº 3, de Sobradinho II, e nos Centros de Saúde nº 6 e nº 8 de Ceilândia, no terceiro turno de 18h às 22h, exclusivo para homens. Em Taguatinga, foi inaugurada recentemente, na Unidade Mista de Saúde, uma sala voltada exclusivamente para o atendimento do homem, que funciona de segunda a sexta-feira.

No DF, a cada ano, são diagnosticados 529 casos novos de câncer de próstata. O Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) disponibiliza tratamento e cirurgia.

O urologista, assistente do Núcleo de Saúde do Homem da SES/DF, Anderson Abud, recomenda que os homens procurem mais os serviços de saúde para realização de exames preventivos, pratiquem exercícios físicos regulares e tenham uma alimentação e hábitos saudáveis.

Direitos dos pais
Lei Federal nº 8.069/90 Direito ao acompanhamento de crianças e adolescentes internados.

Lei Federal nº 11.108/05 – Garante às parturientes o direito à presença de acompanhante durante o período de trabalho de parto, parto e pós-parto, no âmbito do SUS. O acompanhante será indicado pela parturiente.

Licença-paternidade de 5 (cinco) dias – Concedida pela Constituição Federal/88 em seu artigo 7º, XX art, §1º, do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias (ADCT).

Júlio Duarte

Leia também...