Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/07/18 às 11h41 - Atualizado em 30/10/18 às 14h58

Tomam posse na Saúde 1.052 novos servidores

COMPARTILHAR

Novos servidores foram aprovados em concurso de 2014. Foto: Breno Esaki, da Agência Saúde

 

Os serviços da Secretaria de Saúde do Distrito Federal acabam de ganhar um bom reforço, com a posse dos novos profissionais, nesta quinta-feira (5), no auditório do Museu da República. Ao todo, são 1.052 servidores, nomeados em 5 de junho deste ano, após aprovação em concurso público.

 

“Com essa convocação, já somam 9,3 mil profissionais de saúde nomeados neste governo, o que só foi possível porque arrumamos a casa para melhorar os serviços de saúde”, disse o chefe do Executivo local, presente à solenidade, Rodrigo Rollemberg.

 

O governador citou outras melhorias na pasta da Saúde, como a criação do Instituto Hospital de Base. “A mudança no modelo de gestão do Base permitiu abrir 107 leitos que estavam fechados, reduzir o tempo do primeiro atendimento de 40 minutos para 11 minutos, comprar medicamentos a preços 10% mais baixos e em um tempo médio de 45 dias”, complementou.

 

MELHORIAS – Rollemberg lembrou que, ontem (4), foi inaugurado o segundo bloco Hospital da Criança, dotado de tecnologia de ponta e já mobiliado. “São 38 leitos de UTI pediátrica, com um investimento de R$106 milhões”, comemorou.

 

O governador de Brasília destacou, ainda, que quando assumiu o governo, o DF possuía menos de 29% de cobertura de equipes do Programa Saúde da Família e que, hoje, o alcance chega a 70%.  “Inauguramos também uma Unidade Básica de Saúde do Sol Nascente, reformamos outra em Taquara e, ontem, começou a funcionar uma policlínica no Riacho Fundo”, concluiu.

 

NOMEADOS – O grupo dos novos servidores da saúde é formado por médicos, dentistas, técnicos de enfermagem, farmacêuticos, entre outras especialidades, aprovados em concurso público de 2014 (confira a lista completa abaixo).

 

O dentista Marcelo Dourado está ansioso para iniciar o trabalho. Foto: Breno Esaki, da Agência Saúde

 

Os concursados ocuparão vagas de candidatos aprovados e que não tomaram posse (nomeação tornada sem efeito), de aposentados e de servidores exonerados. “Eu tenho grandes expectativas em trabalhar na Secretaria de Saúde do Distrito Federal, que é bem estruturada. Espero contribuir com a melhoria da saúde”, disse o técnico em higiene dental, Marcelo Dourado.

 

“Fiquei muito feliz com a nomeação. É o primeiro concurso para biomédicos na Secretaria de Saúde, que significa o reconhecimento da categoria neste governo. Acredito que os serviços de saúde só tendem a melhorar no DF”, disse a biomédica Thais Cavalcante.

 

Thais Cavalcante é biomédica e espera contribuir com o sistema. Foto: Breno Esaki, da Agência Saúde

 

REFORÇO – O secretário adjunto de Saúde, Daniel Seabra, destacou: “Temos um carinho enorme pelo SUS e queremos contar com vocês. Precisamos de dedicação. Quem escolhe o ramo da saúde tem a vocação de cuidar de quem precisa. Fizemos muitas contratações e esse é um esforço claro do governo para melhorar o serviço”.

 

Desde 2015, a Secretaria de Saúde já nomeou cerca de 8 mil servidores públicos concursados. Somente neste ano, foram empossados 2.868 profissionais.

 

As contratações estão sendo utilizadas, em especial, para recompor escalas em emergências de saúde, permitindo a abertura de novos leitos hospitalares.

 

TEXTO: Ailane Silva, da Agência Saúde

 

 

QUADRO DE VAGAS

 

 

 

Tomam posse na Saúde 1.052 novos servidores