Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/06/13 às 19h10 - Atualizado em 30/10/18 às 15h06

Unidade Móvel de Saúde da Mulher chega ao Riacho Fundo I

COMPARTILHAR

Carreta estacionada no Varjão encerra atendimentos nesta sexta


Chegou a vez das moradoras do Riacho Fundo I serem beneficiadas com a Unidade Móvel de Saúde da SES-DF, mais conhecida como “carreta da mulher”, que permanecerá no estacionamento da Administração Regional até o dia 28 de junho, para realizar 150 exames por dia.

No Riacho Fundo I, o atendimento é feito das 8h às 12h e das 13h às 17h. As pacientes podem fazer mamografia – para as mulheres de 50 a 69 anos de idade, mesmo sem pedido médico- ultrassom pélvico, transvaginal e de tireoide – com pedido médico – e preventivo do câncer de colo do útero (Papanicolau), em mulheres de 24 a 64 anos de idade, de preferência que nunca fizeram o exame ou o fizeram há mais de três anos, tudo de forma totalmente gratuita.

Segundo coordenador geral de Saúde da Candangolândia, Núcleo Bandeirante, Riacho Fundo e Park Way, Pedro Zancanaro, os exames oferecidos pela unidade móveis são fundamentais. “Precisamos desses diagnósticos para encaminhar e tratar corretamente as pacientes e isso muitas vezes significa salvar vidas”, alerta.

Para o gerente do Centro de Saúde 3, do Riacho Fundo 1, Ênio Rafaeli, é importante que as pacientes procurem o serviço. As senhas são distribuídas no começo da manhã para os atendimentos matutino e vespertino. “A carreta é uma forma de diminuirmos consideravelmente a demanda reprimida”, avalia.

Para ser atendida, é preciso que a paciente leve o Cartão SUS e um documento de identidade. No Riacho Fundo, as pacientes recebem um lanche oferecido pela Secretaria de Desenvolvimento Social –CRAS- e participam de sorteios de brindes oferecidos pelo Centro de Saúde e pelos comerciantes locais.

 

Varjão – A carreta da mulher que está no Varjão, em frente ao centro de saúde nº 16, encerra os atendimentos nesta sexta-feira (14). A terceira Unidade Móvel de Saúde da Mulher fica no estacionamento da Administração de Taguatinga, também até esta sexta-feira.

Arielce Haine