Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/04/13 às 21h44 - Atualizado em 30/10/18 às 15h04

A cada três centros de saúde da rede pública, um já foi reformado

COMPARTILHAR

GDF entrega Ala cirúrgica do HRG e centro de saúde 01 reformados

Fotos: Vinicío Aguiar/Renato Araújo

O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, e o secretário de Saúde, Rafael Barbosa, entregaram nessa sexta–feira (19) a obra de reforma e modernização do Centro de Saúde 01 e a nova ala cirúrgica do Hospital do Regional do Gama, que passou por obras e ampliações durante quatro meses. O governo Agnelo Queiroz investiu R$1,06 milhão nas reformas no Gama para melhorar o atendimento aos moradores da cidade e das comunidades da parte sul da região metropolitana.

A nova ala cirúrgica, que ocupa o antigo espaço de centro obstétrico, passou por reforma na parte hidráulica, elétrica e recebeu pintura nova. A área tem três salas cirúrgicas compostas de rede de iluminação, material para anestesia, equipamento de monitorização anestésica, mesa cirúrgica, uma sala de recuperação pós-cirúrgica com sete leitos, uma farmácia satélite destinada ao suprimento imediato para o setor, uma sala de órtese e prótese, duas salas reservas para equipamento como monitores cardíacos e carrinhos de anestesia.

Segundo o secretário de Saúde, Rafael Barbosa, 40 unidades de saúde já foram reformadas e entregues em todo o DF. São 20 unidades por ano com ambientes dignos de trabalho e infraestruturas modernizadas. No Gama três centros de saúde e a nova ala cirúrgica do HRG foram entregues à comunidade e o processo para as reformas dos centros de saúde 02, 04 ,08 e 06 já está em andamento.

Com a modernização, o centro cirúrgico do HRG passa a contar com nove salas de procedimentos que atendem as especialidades de traumatologia e ortopedia, cirurgia vascular, ginecologia e obstetrícia, cirurgia geral, urologia, oftalmologia, cirurgia geral e demais emergências. A recuperação da área da nova unidade foi realizada dentro de contrato de manutenção predial da Regional de Saúde do Gama.

“Qualidade e segurança nos procedimentos cirúrgicos é o que proporciona a área. O ambiente é novo e com equipamentos modernos, os melhorando a qualidade na assistência aos pacientes e nos processos de trabalho de toda a equipe”, destacou o Diretor do Hospital, o cirurgião, João Batista Tajra.
O HRG presta assistência aos moradores do Gama. Além disso, recebem pacientes de 25 cidades do entorno sul de Goiás, seis cidades de Minas Gerais e quatro da Bahia.

Centro de saúde – Durante dez meses o prédio do centro de saúde 01 passou por reformas na rede hidráulica, elétrica, além de pintura geral e readequação dos espaços físicos para atender melhor à população. O investimento no centro de saúde foi de aproximadamente R$ 900 mil.

O CS01 é referência para cerca de 17 mil habitantes, moradores das quadras pares do Setor Sul e das quadras 28 a 33 do Setor Oeste, zona rural de Ponte Alta e Engenho das Lajes. A unidade conta agora com cinco salas de acolhimento, e dois consultórios para atender aos usuários das equipes de Estratégia Saúde da Família. Além de salas de vacinas, banheiros para portadores de deficiência, salas de curativo e de medicação, farmácia, arquivo e laboratório.

A unidade de saúde atende com sete equipes da saúde da família, entre elas cinco são urbanas e duas rurais. Possui também um Núcleo de Apoio a Saúde da Família (NASF), formado por médicos pediatras, ginecologistas, nutricionista e assistente social, que prestam apoio às equipes de Estratégia Saúde da Família da unidade.

A equipe do centro de saúde é composta por 12 médicos, nove enfermeiros, quatro odontólogos, 24 técnicos de enfermagem, 11 agentes comunitários de saúde e pessoal administrativo e de apoio.

São oferecidas diversas atividades à população de referência, como atendimento à saúde da mulher, adulto, idoso, imunização, grupo de tabagismo e terapia comunitária.

Dados de 2012 do HRG:

Exames laboratoriais: 1.203.719
Cirurgias: 4.861
Consultas ambulatórias: 28.923
Partos: 5.254
Exames radiológicos: 81.120
Fila Zero em cirurgias ortopédicas: 1.131

Eliane Simeão